A Tranquila Praia da Pinheira

Dividida em praia de cima e praia de baixo, a Pinheira é pequena e agradável, com o seu mar calmo a Pinheira Praia de Cima agrada principalmente as famílias com crianças. Continuar lendo “A Tranquila Praia da Pinheira”

Santa Catarina com Criança

Somos apaixonados pelo estado de Santa Catarina, suas praias e paisagens nos chamam em todas as férias de verão.

Muito antes de ter a Alice ou pensar em ter o blog, coloquei os meus pés nas praias de Laguna, Rosa, Garopaba, Guarda, fizemos a ilha de norte a sul, Penha, Itapema. E agora o desejo de voltar para apresentar para a Alice só aumenta.

Recentemente andei lendo sobre a serra deste estado, que também tem as suas belezas que valem ser admiradas. Entrando para aquela famosa lista de destinos que precisamos conhecer.

Como estou fazendo com outros lugares, resolvi criar um post com um índice geral das nossas experiências em Santa Catarina, ao qual irei alimentar após cada viagem.

Se quiser nos ajudar com sugestões com destinos diferentes neste estado, fique a vontade para colocar nos comentários. Adoramos lugares que recebem crianças bem.

Lembrando que todos os gastos nos lugares citados são patrocinados por nós mesmos.

barra de ibiraquera ponte
Barra de Ibiraquera: lagoa e mar dividem areia e público em um lugar perfeito para famílias

Barra de Ibiraquera
Praia e lagoa em um mesmo lugar, tranquilidade e uma sensação de segurança que se reflete no brincar livremente das crianças. O tipo de lugar ideal para férias em família. Clique aqui para saber mais sobre a nossa experiência.

Capa Bombinhas
Bombinhas: suas águas calmas são bastante disputadas no período de férias de verão

Bombinhas
Foi um dedo quebrado que me fez ficar apaixonada por esta praia de águas calmas, que me permitiam tomar banho de mar sem molhar a mão imobilizada. Levar a Alice até lá foi natural, e ela adorou brincar neste mar tão tranquilo.
Clique aqui para saber mais sobre a nossa experiência.

capa
Garopaba: uma praia que está na nossa história

Garopaba
Uma praia que faz parte da nossa história. Na época do namoro íamos acampar, com direito ao adesivo amarelo da barraca com os pés para fora. Foi à primeira praia que levamos a Alice. Seu mar é com ondas, bom tanto para quem quer pular como para quem quer aprender a surfar. A gastronomia é excelente, tendo opções para todos os gostos. Temos dois post sobre a nossa praia do coração, em 2016 e 2017.

porto
Imbituba: o mirante fornece uma bela visão do porto da cidade

Imbituba
Cidade do porto, com supermercados e bancos. A conhecemos em um dia de chuva e contamos aqui o nosso bate-volta.

ferrugem capa
Ferrugem: mar e pedra em um visual muito bonito

Praia da Ferrugem
Seu acesso é o mesmo da praia de Garopaba, com ondas mais fortes, pedras para subir e uma grande extensão de areia. Fizemos um bate-volta que contamos aqui.

Planeje sua viagem em parceria com o blog:

Organizando sua viagem através das nossas parcerias, você garante as melhores condições sem pagar nada mais por isso e nos ajuda a manter o blog com publicações independentes.

  • Reserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.
  • Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom 3GERACOESE1MALA5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue o seu carro com a rentcars e não pague IOF.

Férias de Verão: Barra de Ibiraquera

Há muito tempo eu ouvia falar na lagoa e praia da Barra de Ibiraquera, sendo principalmente referência para famílias com crianças. Depois de dois anos pensando em conhecer e mudando de destino, fomos descobrir a beleza natural e calma que este lugar possui.

Costumo brincar que as férias de janeiro são para descansar. Dormir um pouco mais, relaxar e apenas curtir. Pelo menos até a nossa pequena ir para o colégio grande (onde as regras mudam e o planejamento será bem diferente). Este fato torna as praias de Santa Catarina o nosso destino natural neste período do ano, já que são relativamente próximas para quem mora no Rio Grande do Sul.

barra de ibiraquera ponte
Uma das pontes de acesso a lagoa

Como escrevi no início, eu já possuía algumas referências do lugar, minha mãe havia acampado próximo a lagoa no início dos anos 2000, e uma amiga costuma ir com frequência com a família. Mas toda vez que eu solicitava orçamento, me assustava com o valor das pousadas.

Recebemos uma nova indicação, com um valor mais amigável, e batemos o martelo ao fazer a reserva via Booking. Como somos de Porto Alegre, optamos em viajar no dia 30 de dezembro para fugir do movimento maior, mesmo assim levamos quase cinco horas (descontando o almoço).

O acesso a Barra de Ibiraquera, que fica no município de Imbituba, é via BR101, as ruas internas são estreitas, mas relativamente tranquilas. Escolhemos a Pousada Paraíso da Lagoa, que ficava realmente de frente para a lagoa e a menos de 1 km de distância da área que lagoa e mar ficam frente a frente.

O local é realmente familiar e tranquilo. As pessoas caminham despreocupadas em qualquer horário. Pousadas com estacionamento aberto ou na rua não são incomuns, e não há nenhum problema com isso, pois o local passa segurança.

A Lagoa

Imensa, a lagoa vai além do espaço da Barra de Ibiraquera, possuindo altura diferente conforme o ponto. Próximo à praia ela é extremamente rasa, em frente à pousada que ficamos já possuía quase um metro, então sempre vale observar e ir com calma no caso de desconhecimento.

Durante os dias quentes famílias aproveitam as águas calmas e mornas. Na área junto à praia não é raro ver adultos sentados em cadeiras no meio da lagoa enquanto observam as crianças brincarem. Em outros pontos a prática de slalom, kitesurf e canoagem. Outro item comum são as boias de unicórnio nos mais variados tamanhos.

barra de ibiraquera lagoa
A Lagoa é rasa e de águas mornas, verdadeira festa para a criançada

Seu pôr-do-sol é muito bonito, estando na lagoa, não perca o espetáculo dos raios de luz despedindo-se lentamente das águas. Para quem gosta de boas energias, eis o momento para não pensar em nada e apenas assistir o espetáculo.

Já à noite a lagoa é dos pescadores e suas lanternas, onde a pesca de camarão já faz parte do cotidiano.

Quando fomos à ligação entre a lagoa e o mar estava fechada. Mas existe um comitê que avalia as condições para abertura da barra e união dos dois. Não é algo frequente, e ela ocorre para esvaziamento da lagoa e renovação da vida marinha do local.

Praia

Um mar de cor clara, frio e com ondas tendo morros e a ilha do Batuta como companheiros de paisagem. Não é incomum ver o pessoal praticando widsurf e kitesurf em suas ondas, colorindo o céu do local. Tanto que em outubro ocorre Ibiraquera Wave Contest, reunindo profissionais do esporte.

barra de ibiraquera praia
A longa extensão de areia, com vista para a Ilha do Batuta, garante espaço para todos

Surfistas também se aventuram, suas ondas convidam a pratica, e o aluguel de prancha está junto à praia. Mas ela não é agitada demais para os banhistas, as crianças adoram entrar e sair de suas águas, cuja profundidade aumenta lentamente. Além disso, os salva-vidas estão sempre de olho, caminhando pela praia e soando o seu apito quando veem alguém indo além dos limites.

A praia também é ponto de passagem da Baleia Franca, que todos os anos passam pelo litoral sul de Santa Catarina nos meses de julho a novembro.

Dunas

Fazia anos que eu não ficava em uma praia com dunas. Tenho lembranças das férias no litoral gaúcho, onde em algumas praias era necessário escalar pelo menos uma para chegar ao mar. Este ano só admiramos os grandes morros de areia, que não atraíram a atenção da Alice. Mas para quem não resiste, é possível inclusive praticar Sandboard.

barra de ibiraquera acesso
Acesso as dunas, praia e lagoa

Centrinho

O centro da Barra de Ibiraquera é pequeno, observa-se que ele vem crescendo aos poucos. Mas isso não significa que você precise obrigatoriamente alugar um local com cozinha ou comer todos os dias no mesmo restaurante. Existem várias opções, para diferentes tipos de gosto, no nosso post sobre Gastronomia da Barra divido com vocês a experiência dos lugares que conhecemos, e aviso que havia outros que não entramos.

barra de ibiraquera mapa
Mapa que fica próximo a praia

Não há mercados grandes, apenas pequenos e pequeninos, além de farmácia, fruteira e peixarias (não espere encontrar produtos frescos em todas, alguns são congelados). Lojas são poucas também, o que torna uma lista do que você não pode ficar sem essencial.

As calçadas não são grandes, então é comum o pessoal andar pela rua. De carro circule em baixa velocidade nas proximidades da praia.

Hospedagem

Há várias pousadas na praia, algumas mais próximas ao mar, outras a lagoa, sendo a Ilha do Batuta a mais próxima dos dois. Os preços são bem variáveis conforme o período, e há opções de estrutura e valor para diferentes perfis, sendo disponibilizados desde apartamentos (como foi a nossa opção) até suítes com café da manhã.

barra de ibiraquera jardim
Jardim próximo a pousadas, restaurante e acesso a praia/lagoa

Praias próximas

Para quem gosta de passear por praias próximas, Barra de Ibiraquera é de fácil acesso a lugares como Garopaba, Ferrugem, Praia do Rosa, Praia do Luz, Praia da Vila, Praia da Ribanceira entre outras.

Como já ficamos em Garopaba inúmeras vezes, este ano optamos por passar à tarde na Ferrugem e em um dia de chuva fomos até Imbituba onde aproveitamos para ir a um mercado de grande porte.

Nossa opinião

Adoramos o lugar, é bonito, tranquilo, e para quem vai com criança uma festa, já que o público principal é de famílias. Alice saiu pedindo para retornar, pois as águas calmas e rasas da lagoa os permitem ser mais livres (sem a mãe chata pedindo para ter cuidado o tempo todo).

O fato de sempre ver policiamento e salva-vidas aumentam a sensação de segurança, aliviando o peso da paranoia de ficar se cuidando o tempo todo.

Um lugar que recomendamos para quem deseja apenas relaxar e curtir água e areia.

* Viagem totalmente paga por nós
* Viagem realizada nos meses de dezembro/janeiro 2019
* Alice viajou com 5 anos e 8 meses

Este post faz parte de uma blogagem coletiva onde outros viajantes também compartilham os seus #destinosparaoverao. Aproveite pra conhecer estas outras dicas clicando nos links abaixo:

Destinos por onde andeiVisitar Cozumel, um sonho realizado!
Diário de TuristaViagem com cachorro: Hospedagem pet friendly em Angra dos Reis (RJ) 
Viajante ComumTOP 7 – PRAIAS LINDAS PARA CURTIR O VERÃO NO BRASIL!
Contando Destinos5 destinos para aproveitar o verão na Europa
Pelo Mundo com Manu3 destinos para curtir o verão no Brasil 

Planeje sua viagem em parceria com o blog:

Organizando sua viagem através das nossas parcerias, você garante as melhores condições sem pagar nada mais por isso e nos ajuda a manter o blog com publicações independentes.

  • Reserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.
  • Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom 3GERACOESE1MALA5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue o seu carro com a rentcars e não pague IOF.

Imbituba

Foi em um dia chuvoso que resolvemos ir ao município de Imbituba, uma cidade pequena e urbanizada, bastante próxima da Barra. Lá você encontra agências bancárias, lotéricas e mercados maiores – este último era um dos focos do nosso passeio.

dunas
Dunas acompanham o caminho de um lado

No caminho entre a Barra de Ibiraquera e Imbituba conseguimos ter uma ideia da extensão da praia e das dunas, o que tornou o caminho ainda mais agradável. Só não paramos por causa da chuva, mas estivemos bem perto de um mirante das baleias francas (que visitam o litoral sul de Santa Catarina entre os meses de julho e novembro).

praia vizinha barra
Praia do outro

O centro de Imbituba é organizado, com várias lojas, e um trânsito relativamente calmo. Optamos em ir ao supermercado Althoff que possuí estacionamento coberto. Com várias opções fizemos uma rápida reposição de alguns itens faltantes.

Ao final das compras a chuva havia dado uma pausa e resolvemos dar uma volta, na procura por uma antiga sorveteria que a vovó havia conhecido em sua primeira ida à cidade. Não encontramos a que ela se recordava, mas resolvemos experimentar a Adocika, cuja cara dos sorvetes eram de encher os olhos.

O sundae que fugiu

Na sorveteria optei por uma bola para a Alice, eu e o Marco resolvemos dividir um morango Split e a vovó pediu um sundae.

O da Alice foi servido na hora, o nosso levou uns 10 minutos e foi aquele momento uau, e não posso ser injusta, ele era lindo e gostoso. Mas nada do sundae. Quando estávamos na metade do nosso perguntamos ao atendente sobre o pedido, logo apareceu à mulher que havia registrado dizendo que havia entrado um vírus pelo wi-fi e as impressoras não estavam funcionando, mas que logo o sorvete iria chegar.

morango split
O morango split estava muito bom. Pena que o sundae não apareceu…

Os minutos passaram, terminamos de comer o sorvete, ficamos conversando e nada. Por fim desistimos e fomos cancelar o pedido, aonde vimos às impressoras funcionando. Enfim, se você for e o tempo começar a passar, tem que encher o saco mesmo para o pedido aparecer. Uma pena, pois o sorvete é muito bom.

Porto de Imbituba

No retorno paramos em um mirante onde é possível ver a Praia do Porto e o próprio Porto, que enxergávamos de longe na praia da Barra. Mesmo com o tempo fechado a vista é muito bonita, valendo à parada. Tem como estacionar o carro e observar o local com calma.

O porto foi construído pelos ingleses ainda em 1880 e hoje é administrado pelo próprio estado. Os navios de carga que por ali passam são enormes, por isso não é raro ver um da beira da praia, chegando ou saindo.

porto
Mirante para o porto de Imbituba

No mar com seus muros de pedra foi possível observar diversos barcos de pescadores – fonte de sustento de parte da população que por ali mora – além das poucas pessoas que estavam na água. As ondas do local também são indicadas para a prática de surf.

Informações gerais:

Cerca de 90 km separam este município da capital Florianópolis, o acesso pode ser realizado pela BR 101, ou pelas ruas internas para quem está nas praias próximas como a própria Barra de Ibiraquera.

* Todas as refeições foram pagas por nós
* Viagem realizada nos meses de dezembro/janeiro 2019
* Alice viajou com 5 anos e 8 meses

Planeje sua viagem em parceria com o blog:

Organizando sua viagem através das nossas parcerias, você garante as melhores condições sem pagar nada mais por isso e nos ajuda a manter o blog com publicações independentes.

  • Reserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.
  • Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom 3GERACOESE1MALA5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue o seu carro com a rentcars e não pague IOF.

Praia da Ferrugem

Nos últimos anos optamos em chegar à praia escolhida e só voltar a ligar o carro quando fosse hora de ir embora. Nestas últimas férias resolvemos nos aventurar até uma das praias próximas e a escolhida foi a Praia da Ferrugem, ao qual tínhamos uma vaga lembrança.

Eu e o Marco havíamos conhecido a Ferrugem quando ainda éramos namorados (long time ago), e a lembrança que eu havia guardado era de suas pedras, das ondas batendo e do pequeno lago que suas águas formavam. Agora em 2019 vivenciamos a praia e conto como foi a nossa tarde no local.

ferrugem 1
Praia da Ferrugem e as pedras que estavam na nossa memória

Para chegar a Ferrugem basta pegar a estrada que leva a Garopaba e seguir o Google Maps (digo isso por que só vimos à placa com indicação para quem vinha de Garopaba, não para quem estava vindo da BR 101). O caminho é tranquilo e estacionamos em uma das ruas próximas ao acesso a praia, não vimos necessidade de deixar em estacionamento, mas eles estão disponíveis na avenida de acesso para quem os desejar.

Se você quer tranquilidade e/ou está com criança, não deve cometer o erro que cometemos: não vá para a área mais vazia, e sim para onde o povo está.

ferrugem 3
Parece calminha, mas após a primeira onda o mar é mais fundo

Explico: a Ferrugem tem uma grande extensão de areia, com pedras em suas pontas. O mar é limpo, claro e gelado, com ondas para quem gosta de praticar surf, o que torna a praia bastante popular. A areia é fofa, do tipo que afunda, e também com uma textura mais grossa.

Entramos em um ponto que era praticamente o meio da praia. A maior parte da população estava do lado direito (ao qual eu descobri depois ser onde fica a parte mais calma com piscinas naturais) e o lado esquerdo onde estava bem mais vazio e onde estavam as pedras que nos lembrávamos.

ferrugem 2
Quem sobe tem uma bela visão de toda a praia

Devido à memória do passeio anterior acabamos indo em direção as pedras. O que vale neste caminho: a vista é muito bonita, e se você encarar a subida – que precisa ser feita com cuidado para não se machucar ou escorrer nas pedras – você irá chegar a um pequeno lago formado pela água das ondas que batem nas pedras.

Em relação ao mar, neste ponto é necessário ter muito cuidado com as crianças, pois a parte rasa é pequena, há bancos de areia, e se você for distraído pode se ver com água pela cintura rapidamente.

ferrugem 4
Espiando a Praia da Barra

Não tivemos muita sorte nesta tarde em relação ao vento, que estava muito forte, impedindo a abertura de guarda-sol e levando tudo o que era mais leve. Para quem mora no Rio Grande do Sul, podemos dizer que é a versão catarinense do nordestão, que te faz sair da praia com areia da cabeça aos pés.

Como a areia torna a caminhada um tanto pesada, acabamos desistindo de ir para a outra ponta, no qual acredito que aproveitaríamos muito mais, já que o calmo tende a ser bem mais tranquilo.

ferrugem 5
As pedras molhadas pelo mar são bem escorregadias, cuidado ao caminhar

Em relação à estrutura, não chegamos a consumir nada, mas achamos a praia bem bonitinha, com várias opções de restaurante e hospedagem, além de mercadinho e farmácia.

E você, já foi na Ferrugem? Se tivéssemos ido para a direita teríamos curtido mais a praia? Conte para nós.

Como chegar:
De avião
O aeroporto mais próximo é o de Florianópolis, a 100 quilômetros

De carro
Acesso pela BR-101 até o Km 274 (trevo de Garopaba) e SC-434

* Todas as refeições foram pagas por nós
* Viagem realizada nos meses de dezembro/janeiro 2019
* Alice viajou com 5 anos e 8 meses

Planeje sua viagem em parceria com o blog:

Organizando sua viagem através das nossas parcerias, você garante as melhores condições sem pagar nada mais por isso e nos ajuda a manter o blog com publicações independentes.

  • Reserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.
  • Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom 3GERACOESE1MALA5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue o seu carro com a rentcars e não pague IOF.

Barra de Ibiraquera: Gastronomia

Barra de Ibiraquera é pequena, mas nem por isso deixa de ter opções interessantes para refeições e lanches. Como fizemos várias refeições no apartamento não chegamos a conhecer todos os restaurantes/quiosques/lanches, mas listo abaixo os que fomos e a nossa experiência:

Mística Pizza
Localizada dentro da Pousada Mevlana, possuí um atendimento gentil e o lugar é muito bonito. No menu sabores diferentes que despertam a curiosidade.

img_6175
Mística: ambiente agradável e pizzas deliciosas

Nós escolhemos uma Brahmana (muçarela) de 4 fatias para a Alice (com sobra para o papai), e para os adultos uma pizza de 8 fatias metade Green Tara (muçarela, muçarela de búfala, tomate cereja, pesto de azeitonas e manjericão fresco) e metade Vishnu (muçarela, lombo defumado, rodelas finas de abacaxi na redução de balsâmico finalizada com creem cheese). A massa é bem fininha

As pizzas que provamos eram deliciosas. Com fome o valor da conta pode sair um pouco alta, mas a exceção vale a pena.

Onde fica:
Rua Jovino Thomé Marques | Pousada Mevlana Garden (seguindo a rua onde ficam os restaurantes Tartaruga e Zequinha).

Casa do Pastel
Sabe aquele lanche BBB (bom,bonito e barato)? Achou! Os pasteis da Casa do Pastel são bem sequinhos, a massa gostosa e bem recheada. Mas se quiser um pastel de vento está lá no cardápio. O atendimento é rápido e a cerveja bem gelada.

casa do pastel
Casa do Pastel: massa gostosa, bem recheado e sequinho

Onde fica:
Av. Jovino Tomé Marques (um dos primeiros locais a esquerda de quem vai em direção à praia)

Restaurante Tartaruga
A tartaruga na entrada já indica que estás no lugar certo. E as pranchas no teto dão um charme ao local, que possuí várias mesas e o atendimento é rápido. A comida é simples e gostosa, mas em nossa opinião nos atendeu por ser jantar, uma refeição que não costumamos comer muito.

restaurate tartaruga
Restaurante Tartaruga: comida gostosa, mas para o almoço as porções precisariam ser um pouco mais generosas

Quando fomos minha mãe pediu linguado grelhado, Alice, que já havia jantado, uma poção de batatinha sorriso – mas ele possuem menu kids – e nós pegamos a refeição completa para duas pessoas tendo como prato principal camarão a milanesa. Os camarões estavam ótimos, mas achamos as porções que acompanhavam pequenas para uma pessoa. Se fossemos ao meio-dia, só o Marco comeria todas as porções. Então na relação custo x benefício achamos que eles teriam que ser um pouco mais generosos. Mas em relação ao sabor, vale a pena.

Onde fica:
Rua Costa da Lagoa SN

Oca Simples Sabores
Na busca por uma sobremesa bem docinha encontramos uma tapioca deliciosa na Oca Simples e Sabores. Em um espaço bem legal, você pode jantar uma comida oriental, pegar uma bebida gelada ou fazer um lanche leve e rápido. Nós só experimentamos a tapioca doce, caso mais alguém já tenha passado por lá e queira relatar a sua experiência, é só deixar nos comentários, fiquei bem curiosa com o restaurante.

oca
Tapioca doce para alegrar a vida

Onde fica:
Avenida Sul

Zequinha Restaurante
Com um barquinho na frente e uma bonita vista para a lagoa, o Zequinha possuí os pratos bases servidos na mesa e os complementos em um Buffet de saladas e pratos quentes onde você pode se servir a vontade. Para as crianças há opções de prato kids. Para Alice pegamos um com arroz, feijão, batata sorriso e filé. Os adultos escolheram camarão com abacaxi, que estava delicioso.

mistica
Restaurante Zequinha: comida gostosa e vista para a lagoa

Comparando com o Tartaruga (já que ambos são frutos do Mar), o Zequinha é mais barato. A vantagem do Tartaruga é que o prato base possuí porções maiores, e a do Zequinha dos complementos serem servidos a vontade.

Onde fica:
Rua Jovino Tomé Marques

Kreps da Barra
Quase em frente ao Oca, funciona a partis das 17hs e também são deliciosos. Foi outro local que só provamos as opções doces, sendo que o de Nutella é de Nutella mesmo. Não funciona em noites de chuva.

Onde fica:
Avenida Sul

LiveIbira
Atraídos pela música ao vivo, foi o nosso restaurante de despedida. Com itens como sushi, frutos do mar, pratos kids e pizza no cardápio, permitiu escolhas bem ecléticas. O local também é bonito, atendimento bastante gentil e música agradável. Os pratos pedidos eram bem gostosos, e nem mesmo o esquecimento do sushi hot (cujo atendente resolveu rapidamente) atrapalhou. Achamos um pouco caro o couvert, que é cobrado por pessoa.

liveibira
LiviIbira: salmão no abacaxi, pizza de tomates secos com rúcula, temaki, hot sushi e a conhecida batata sorriso (sim, Alice vai jantada para os lugares)

Onde Fica:
Rua Jovino Thomé Marques

Sorveteria da Barra
Local favorito da Alice com vários sabores bem gostosos. Do tradicional flocos, passando pelos de frutas e nomes de chocolates, todos os que experimentamos foram devidamente aprovados. Para quem gosta de colocar guloseimas extras, o creme de limão com cookies é uma delícia.

Onde Fica:
Rua Jovino Thomé Marques

Conheceu um restaurante diferente? Deixe a sua opinião nos comentários para dividirmos referências.

* Todas as refeições foram pagas por nós
* Viagem realizada nos meses de dezembro/janeiro 2019
* Alice viajou com 5 anos e 8 meses

Planeje sua viagem em parceria com o blog:

Organizando sua viagem através das nossas parcerias, você garante as melhores condições sem pagar nada mais por isso e nos ajuda a manter o blog com publicações independentes.

  • Reserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.
  • Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom 3GERACOESE1MALA5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue o seu carro com a rentcars e não pague IOF.

Hospedagem: Pousada Paraíso da Lagoa

Para as férias de janeiro sempre buscamos um lugar com boa localização e com cozinha, para ter aquela economia básica com algumas das refeições.

Por não conhecer a Barra de Ibiraquera, não nos sentimos seguros para pegar um Airbnb, assim seguimos a indicação de uma amiga da minha mãe, e acabamos optando pela Pousada Paraíso da Lagoa, cuja reserva fizemos pelo Booking.

pousada
Frente da pousada com os carros estacionados ao seu redor

A pousada é na verdade um conjunto de apartamentos com um ou dois quartos que comportam até 8 pessoas conforme a configuração, localizada em frente a uma das áreas da lagoa, que é imensa, permitindo um espaço mais tranquilo para quem quer aproveitar a água.

pousada cozinha
Cozinha equipada (geladeira não saiu na foto).

Ficamos no apartamento chamado Luz, que possuí um quarto com uma cama de casal extragrande, um banheiro, uma sala-cozinha que possuí um sofá cama que acomoda um adulto ou umas duas crianças, e uma grande sacada com churrasqueira, pia e rede. Por ser o primeiro apartamento do piso superior, ele é mais privativo que os demais.

Para quem quer se manter conectado a pousada disponibiliza wi-fi, dependendo do horário o sinal ficava bem ruim, mas nada que te deixe totalmente desconectado por dias. Na televisão os canais eram da Oi TV, com crianças os canais básicos como Gloob e Discovery Kids estão garantidos.

pousada quarto
A cama extragrande do quarto

Originalmente ele era destinado a 2 pessoas, mas hoje no Booking ele aparece para até 4 pessoas. Nós fomos em 3 adultos e 1 criança e ele nos atendeu perfeitamente. No nosso caso, não tivemos problema em colocar a Alice para dormir conosco e deixar mais espaço para a vovó.

Recebemos o apartamento limpo e organizado. Na cozinha havia algumas panelas, além de pratos, copos, xícaras e talheres, além de fogão, geladeira, forno elétrico e microondas. Na churrasqueira também havia espeto e grelha. No banheiro um kit com amenidades e um rolo de papel higiênico.

pousada sofacama
Sofá-cama e uma vista da sacada

No valor da diária não está incluída limpeza diária, quem a desejar precisa pagar uma taxa extra. No apartamento é disponibilizada vassoura para quem desejar dar uma tapeada. Roupas de camas e toalhas são trocadas a cada 3 dias, sem reposição de itens de higiene. Uma curiosidade, a troca só é realizada na presença dos hóspedes, sendo realizada em outros horários somente se você for lá e solicitar.

Aos hóspedes são disponibilizados gratuitamente bicicletas e caiaques para aproveitar ainda mais o local. Assim só levamos a bike da Alice (que ainda tem rodinhas), possibilitando pegar emprestada uma adulta para andar com ela. E andamos de caiaque também, atendendo aos pedidos da nossa pequena. Além do caiaque é emprestado também o colete.

O atendimento é atencioso. Na pousada quase todos os funcionários são da família dona do local. No ano novo em parceria com a pousada ao lado houve fogos de artifício para colorir o brinde.

pousada banheiro
Banheiro com chuveiro a gás

Em relação aos hóspedes, o perfil é familiar, não havendo som alto ou maiores barulhos que perturbem. Claro que é necessário ter sorte, mas em 8 noites não tivemos problemas.

Em frente aos apartamentos há uma grama onde as crianças podem correr, jogar bola e brincar. Além de cadeiras para quem quiser apenas curtir a brisa do local.

A lagoa em frente é um pouquinho mais funda em comparação com a parte que fica junto à praia. Mas nada demais, já que a Alice com 5 anos conseguia ficar tranquilamente em pé. Para quem gosta de nadar, brincar com prancha, andar de caiaque, ou simplesmente ficar paradinho dentro d’água curtindo é uma ótima pedida. Além disso, neste ponto não há tanta gente, propiciando um banho tranquilo.

Para quem vai de carro, não há estacionamento fechado e coberto. Os carros ficam ao redor da pousada, mas como o lugar é tranquilo não há problemas de segurança.

pousada lagoa
Lagoa em frente a pousada

A pousada fica bem próxima do centrinho da Barra, e a uns quinze minutos de caminhada com criança da praia. Nós gostávamos de ficar pela manhã na lagoa em frente à pousada e a tarde íamos para a praia curtir mar, areia e lagoa rasa (e bem quentinha).

Recomendo para quem:
– Gosta de tranquilidade
– Busca locais com cozinha
– Gosta de lagoa
– Viaja com criança
– Não se importa de lavar a própria louça

Não recomendo para quem:
– Quer café da manhã disponibilizado pela pousada
– Quer limpeza todos os dias sem taxa extra
– Não abre mão de estacionamento fechado e/ou coberto
– Precisa estar bem junto ao mar

Mais informações:

Onde fica:
Rua porto belo s/n, Barra de Ibiraquera, CEP 88780-000, Brasil

Avaliações:
TripAdvisor

Booking

* Hospedagem paga por nós
* Viagem realizada nos meses de dezembro/janeiro 2019
* Alice viajou com 5 anos e 8 meses

Planeje a sua viagem

Quer organizar a sua viagem e ajudar a nossa família de viajantes a desbravar o mundo sem gastar um centavo a mais? Reserve seu hotel pelo nosso link do Booking, mesmo site que eu realizei a nossa.

Bombinhas – Verão 2018

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em 2017 os dindos da Alice foram para Bombinhas e na volta das férias mostraram diversas fotos para ela. Pronto. Nossa pequena viajante resolveu que queria conhecer a tal praia de qualquer jeito.

Eu e o Marco havíamos ido pela última vez em 2013, justamente quando eu estava grávida, e a lembrança era de uma praia tumultuada e cara, muito diferente de nossas primeiras idas. Mas nada como um retorno para se apaixonar novamente.

Localizada a pouco mais de 70 km da capital Florianópolis na direção ao estado do Paraná para quem sai de Porto Alegre, o município de Bombinhas é composto por diversas praias Bombas, Bombinhas, Sepultura, 4 Ilhas, Embrulho, Lagoinha, Mariscal, Zimbros entre outras.

Nós optamos em ficar na praia de Bombinhas, onde as suas águas calmas são perfeitas para os pequenos e grandes brincarem. A faixa de areia é estreita, então para fincar guarda-sol o ideal é ir cedo. Curiosamente a beira-mar é quente, mesmo em dias nublados.

Para visitar/ficar na praia é necessário pagar uma taxa de proteção ambiental  que pode ser em um dos postos espalhados pelo local ou pela internet (opção escolhida por nós). Motivo pelo qual imaginamos que agora há passeios de barco saindo da Lagoinha, já que ao sair e retornar de Bombinhas para ir a Porto Belo uma nova cobrança será gerada.

O centro de Bombinhas é uma graça e possui uma ótima estrutura, lojas, restaurantes, mercados e lanches estão na avenida principal ou próxima a ela. Existe uma sensação de segurança para caminhar tanto de dia quanto a noite.

Falando em Lagoinha, ela é facilmente acessada a pé, pois está ao lado de Bombinhas. Nela é possível observar uma maior quantidade de peixes, snorkel é diversão na certa aqui. Achamos a água um pouco mais gelada, mas isso é uma questão de gosto.

Outras praias também são acessíveis a pé, com uma distância um pouco maior, foi assim que chegamos à Sepultura, praia indicada para mergulho e onde Alice achou uma grande variedade de conchinhas.

Na comparação Garopaba x Bombinhas, nossa pequena ficou bem mais a vontade na segunda. Claro que mais um aninho de vida aumenta a confiança, mas a tranquilidade do mar a fez querer entrar muito mais na água, mesmo quando levou caldo. Outro ponto positivo é a quantidade de famílias, as crianças pipocam de todos os lugares, sendo fácil fazer amigos.

Uma coisa que a criançada adora e elas invadem a praia são as boias, todos os formatos, cores e estilos transformando as águas em arco-íris.

Um cuidado que se deve ter é com jet-ski, lanchas e barquinhos. O mar calmo também facilita o uso destes equipamentos, embora no período todos tenham ficado longe dos banhistas, atenção sempre se faz necessária.

Transporte:
Fomos de carro, fazendo Porto Alegre – Bombinhas em aproximadamente 7 horas, com paradas para lanches (Maquiné e Madeiro) e banheiro. Alice fez a mesma coisa que sua mamãe quando criança: dormiu a maior parte do tempo. Em Bombinhas fizemos tudo a pé, pois é a nossa viagem relax, onde o objetivo principal é descansar, e não circulamos por muitas praias.

Hospedagem:
Este ano optamos por experimentar o Airbnb e ficamos em um apartamento. A nossa experiência está aqui. Em uma rápida comparação de preço, Bombinhas é mais caras que as suas vizinhas, como não circulamos por todas, desconhecemos as diferenças de estrutura.

Alimentação:
Praia é feita de sorvete, peixe, churros e milho verde. Muitas refeições foram feitas no apartamento (viagem econômica), mas neste post relatamos os lugares que visitamos, pois também não somos de ferro.

Vale a pena?
Sim, e muito. É uma praia que atende todos os perfis. Quer hotel de luxo e refeições fora: tem. Quer pousadas românticas? Tem. Quer alugar e fazer compras no supermercado próximo? Tem. Só na avenida principal há três supermercados.

É só fazer as malas e aproveitar.

* Quer ver mais fotos? Siga nosso instagram @3geracoese1mala
* Viagem realizada nos meses de janeiro e fevereiro/2018
* Alice estava com 4 anos e 8 meses
* Viagem patrocinada por nós mesmos
* Todas as fotos são autorais

Bombinhas – Gastronomia

A maior parte das nossas refeições foi realizada no apartamento. Mas isso não excluiu de conhecer alguns lugares bacanas, que alegram os olhos, o paladar e o estômago. E como adoramos comer coisas gostosas, não faltaram opções em Bombinhas.

Em todos os locais Alice foi bem recebida, portanto até o momento são locais legais para ir em família. Outra observação, não temos como hábito buscar locais com espaço kids, como a pequena é boa de garfo ela senta e come conosco, e sim, usamos itens como tablet e brinquedos para distrai-la conforme a refeição se alonga.

Concha das Ostras

Se você vai a Bombinhas não deixe de ir pelo menos um dia neste restaurante. Gostamos tanto que fomos duas vezes. Comida deliciosa, bom atendimento, e o cheirinho do mar, já que as mesas ficam de frente para o dono do pedaço.

Vale a pena seguir a sugestão do pessoal e voltar para experimentar outro prato cuja descrição apetece. As guarnições são bem servidas, valendo muito a pena o custo-benefício.

margarete

Restaurante Margarete

Aqui provamos bolinhos (peixe e camarão), salada e o prato executivo (também conhecido como PF), O gosto é de comida caseira. Para pratos mais sofisticados o preço é semelhante ao da Concha das Ostras (que nós gostamos mais).

Emporio

Empório D’Matilde

Um pequeno mercado de vinhos, queijos, e outros itens que estimulam as glândulas salivares. E algumas mesas e cadeiras para degustar salgados e doces.  As tortas são deliciosas, e acompanhadas pelo vinho gelado australiano, formam uma dupla e tanto. O espaço é pequeno, mas não deixe esse fator assustar você, tudo o que nos foi servido era de ótima qualidade.

Crepirela

Em um espaço que é metade crepe e metade pizzaria, os crepes salgados parecem mais panquecas (quem conhece as panquecas do Alemão da praia de Garopaba e de São Leopoldo, são primas). Os doces, bem recheados mesmo, são dobrados como os franceses. Ambos muito bons.

O atendimento é cordial, e os crepes chegam com bandeirinhas com o nome dos sabores. É super fácil de achar, tem uma torre Eiffel brilhando na entrada. Nas mesas são disponibilizados giz de cera para pintar o papel que fica embaixo do prato e é cheio de desenhos da França e da Itália.

Não abre nas sextas.

Casa da Dona Santa

Lugar com cara de praia. Decoração colorida e bonita, menu para carnívoros e veganos. Lanches deliciosos e sucos maravilhosos. Provamos uma crepioca muito gostosa. E o suco imperdível. Atendimento cordial. Vale uma visita.

Sol Pizza

Restaurante e Pizzaria Sol de Bombinhas

Pense em uma pizza deliciosa. É aqui. Ambiente agradável, atendimento cordial e preço justo para uma pizza deliciosa. Pedimos uma grande com os sabores brócolis, Trieste e Penélope. E nos arrependemos de não ter voltado.

Palatto

Pizzaria Palatto

Diversos sabores de pizza, possuí vários restaurantes espalhados pela praia. Achamos regular, não é ruim, mas não ficamos com vontade de voltar.

Açaí Revive

Sorvete bem gostoso, voto especial para o de abacaxi com vinho (uma delícia).

Sorveteria Yogula

Sorvete bem gostosos a base de iogurte.

Sorveteria Grumari

Sabores diferentes e muito gostosos. Daqueles que dá vontade de comer mais.

João Sorveteria

Possui sabores mais tradicionais, para os pequenos não recomendo o de chocolate com Ovomaltine, é muito forte.

Churros do Chaves

Na era da gourmetização encontramos o churros do Chaves que além das opções de recheio, oferece cobertura e chocolates por cima. E sim, são gostosos.

Crepe rua principal

Barraquinha de Crepe

Ao lado da feirinha noturna, o tradicional crepe praiano reúne a galera. Bem gostoso e recheado.

Beira-Mar

E para fechar, em frente ao mar sempre vai passar alguém vendendo picolé ou vai ter uma barraca próxima com milho verde, crepe, batida e churros. Que ajudam a enrolar a fome e aproveitar a praia um pouco mais.

Só não vale deixar ou jogar palito, papel, copo e garrafa na areia ou mar.

* Quer ver mais fotos? Siga nosso instagram @3geracoese1mala
* Viagem realizada nos meses de janeiro e fevereiro/2018
* Alice estava com 4 anos e 8 meses
* Viagem patrocinada por nós mesmos
* Todas as fotos são autorais

Garopaba 2017

Queríamos ir para Bombinhas ou Barra de Ibiraquera na virada de 2016 para 2017. Mas o fato do Marco só ter conseguido alguns dias de folga e não férias, eliminaram a primeira opção, já na Barra os preços estavam como a água do mar, com isso retornamos a Garopaba e tivemos uma ótima surpresa: mar limpo e calmo, perfeito para quem gosta de nadar e para as crianças brincarem.

hospedagem

Hospedagem:

Este ano ficamos na Pousada Bronzatto, pertinho do mar, ela fica na última rua que dá na beira-mar antes da ponte de acesso ao centro histórico. A localização é ótima, pois fica próximo ao mar, restaurantes e afins.
Preço justo, limpa, camas confortáveis, estacionamento, café da manhã com pães e bolos caseiros, tudo muito novinho e gostoso. Pessoal extremamente atencioso. Fornecem cadeiras e guarda-sol. Um lugar realmente legal de ficar.
Optamos por um quarto com mezanino, que possuía cozinha e sacada com churrasqueira. A minha dica para quem vai com criança é não pegar os apartamentos de frente com sacada, pois os mesmos não possuem rede de proteção. No penúltimo dia dei um minuto de bobeira para guardar o protetor e quando vi a nossa pequena estava tentando escalar a sacada, o anjo da guarda foi mais forte desta vez, mas não dá para bobear. Eles possuem apartamentos laterais no mesmo formato para quem vai em um número maior de pessoas como nós, que não possuem a sacada.
Como bons gaúchos, nesta estada a churrasqueira foi bem mais usada, e algumas jantas foram proporcionadas pelos nossos assadores de plantão, com os devidos parabéns.

gastronomia

Alimentação

Este ano tivemos companhia dos dindos da pequena e da dinda do Marco. Então foram troca de sugestões e algumas refeições na praia (exceto para Alice, que retornava para a pousada para comer uma comida caseira feita pela vovó).

Restaurante Bifão: Chegamos em Garopaba abaixo de chuva e este restaurante ficava bem em frente à Pousada. Então sua escolha para a janta acabou sendo muito natural. Os pratos são muito bem servidos, havendo reposição de quase todos os itens (exceto da carne). Não tem como sair com fome. O ambiente é simples e organizado, e o atendimento rápido e tranquilo. Comparando com outros restaurantes da praia, ele pode ser considerado em conta.

Al Andaluz: No ano passado comemos um salmão com ervas e molho de maracujá tão bom que retornamos. Mas houve algumas alterações no restaurante e nem todas agradaram. Achamos o atendimento melhor, está mais organizado e rápido. O nosso prato favorito serve conforme o cardápio duas pessoas, na prática para ser considerado bem servido somente uma pessoa. Agora tem um buffet de salada, arroz e batatas (frita e noisette). Nosso prato deveria ter vindo com a batata noisette, mas só veio o salmão e quando fui me servir no buffet elas haviam sumido e nunca mais voltaram. A comida continua gostosa, mas pelo valor, as porções precisam ser melhoradas. Sobre o ambiente quem adora música certamente irá se encantar com as fotos espalhadas pelas paredes.

MilkShake Fest: Continua sendo a nossa parada para sorvete (e o favorito da baixinha).

Gelomel: A comida continua boa, o valor salgadinho e as filas gigantes. Embora o marido adore, costumo brincar que é bom de ir uma vez na temporada para não enjoar do gosto nem se estressar com a espera. Eles não gostam que se faça reserva em mesas, normalmente encaminhando diretamente para a fila em que o pessoal está se servindo.

O Marujo: Comida boa, mas porções pequenas no prato de picanha anunciado para duas pessoas. Marido comia fácil fácil sozinho. O ambiente é agradável com sua vista para o mar.

Pizzaria Vitale: Virou a nossa brincadeira durante a estadia, quase todas as pizzas vinham com bacon, só faltou nas doces. É um rodízio comum, caro pela demora de atendimento, o excesso de bacon faz os minutos virarem uma longa espera para quem não curte o ingrediente. Mesmo sabores tradicionais como quatro queijos eram uma raridade, mesmo se pedindo várias vezes. As pizzas doces eram boas, salvação para não dormir com fome.

Panquecas do Alemão: Continuam gostosas, tanto salgadas como doces. Ambiente agradável, só abre no turno da noite. Atendimento atencioso, não há demora. Para quem gosta de sucos os deles são ótimos. Para nós uma jantinha com gostinho da época da faculdade (para quem não sabe as Panquecas do Alemão já eram famosas entre os estudantes da Unisinos em São Leopoldo antes de chegar a Garopaba).

Parador Garopaba: Atendimento gentil, pratos saborosos e bem servidos, perfeito para uma janta ouvindo o som do mar. O salmão a Garopaba simplesmente divino. Para a nossa pequena gentilmente fizeram uma porção de batatas sorriso que não possuíam porção vendida separadamente no menu. Um pouco mais caro que os acima, mas vale muito a pena. Para quem gosta de experiências gastronômicas, parada obrigatória.

Setentaesete: O buffet continua delicioso e os pratos saborosos (escolhemos um filé de bacalhau grelhado com molho de camarões simplesmente delicioso), mas o atendimento teve algumas falhas. No ano passado o garçom que nos atendeu soube nos indicar maravilhosamente um vinho que acompanhava bem o prato, este ano não sabiam dizer, e acabamos indo na sorte. Um dos pratos chegou muito antes dos demais, sendo que a refeição já havia sido finalizada quando os demais chegaram. Pequenas faltas de atenção que tornam menos agradável um jantar em um local tão bacana com pratos tão deliciosos.

Zanoni: Hora de ir embora e paramos aqui outra vez, mas ao contrário do ano passado, gostamos bastante. O atendimento foi excelente. Foi indicado um prato que servia três adultos (e realmente serviu bem), para a pequena providenciaram como um mimo um prato tipicamente brasileiro de arroz e feijão, além de papel e giz de cera para desenhar. Fechou com chave de ouro a nossa estadia.

passeios

Passeando:

Nesta nossa curta estádia de ano novo não é exagero dizer que o mar de Garopaba estava divino, mar calmo, até a pequena se atreveu a se aventurar além da beira-mar tomando o seu primeiro caldo e pedindo prancha. E sem as mães d’agua (que chegaram quando estávamos indo embora).
Para quem fica em Garopaba, no final do dia, uma boa opção é caminhar pelo centro histórico, tirar foto com a baleia após a ponte, espiar as porcelanas na loja Santo Ofício, o IBF e quatros na vitrine. No caminho admire as casas no melhor estilo português, atravesse a praça, suba os degraus e veja a Paróquia São Joaquim graciosa e reformada. Aproveite para tirar lindas fotos do entardecer e depois em direção ao Pastelão, ir na lojinha de artesanato comprar as lembrancinhas ou ver um pintor em ação.
Aproveite também para caminhar pelo centrinho, comer sorvete e olhar vitrine, comprar biquíni e sentir a brisa do mar. A noite a sensação de liberdade e bem estar aconchega o coração, fazendo esquecer a violência que nos vigia nas capitais.

* Viagem realizada no período de ano novo
* Patrocinada por nós
* Alice estava com 3 anos 7 meses.
* Para ver mais fotos nos siga no instagram: @inspenarua, este ano com fotos da pequena que já está dominando a máquina fotográfica.