Costeira da Armação e Baía dos Golfinhos

Localizada em Governador Celso Ramos, no estado de Santa Catarina, a praia da Costeira da Armação é perfeita para quem quer fugir do agito e deseja ter um bom espaço de areia e mar para chamar de seu. Junto com a sua vizinha Baía dos Golfinhos prometem mar calmo para curtir dias de sol.

Já faz um certo tempo que eu estava com Governador Celso Ramos na minha lista de destino, as fotos de suas praias, enseadas, ilhas e costões sempre atraiam os meus olhos e despertavam a minha curiosidade.

A bela enseada da Costeira da Armação

A oportunidade de conhecer um pouquinho da região surgiu no Verão de 2022, quando pesquisava um lugar calmo, longe dos agitos tradicionais, para que se pudesse tomar banho de mar sem se descuidar da pandemia. E foi assim que surgiu a oportunidade de se hospedar em Costeira da Armação.

Costeira da Armação

Localizada ao lado da Baía dos Golfinhos, a Costeira da Armação, também chamada de Praia de Magalhães, é uma região integrada a natureza, com direito a visita dos golfinhos em suas águas, sendo um local predominantemente de casas, tendo um ou outro prédio mais baixo.

Ultrapassando as pedras consegue se isolar ainda mais

Com uma boa extensão de areia, ao contrário da sua vizinha Baía dos Golfinhos, é pouco frequentada. A areia é bem grossa, com pedrinhas, que faz os pés afundarem e tornam a caminhada bem difícil para quem não está acostumado, sendo uma verdadeira academia percorrer ela de ponta a ponta.

Ninguém a esquerda, ninguém a direita

O mar é calmo, limpo, sem ondas, com temperatura bastante agradável, sendo que em algumas partes, principalmente bem no meio da praia tem mais repuxo, o que parece aumentar a sensação de estar em uma espécie de areia movediça dentro do mar ao qual aos poucos você vai reduzindo de tamanho. Mas não se assuste, depois que você se acostuma com a praia este sentimento passa.

Ninguém na areia também

Em contrapartida o pessoal que opta por esta área pode se distribuir, ficando todo mundo longe um dos outros, dando a sensação em alguns horários de praia particular. E aí vale um aviso, não havia salva-vidas na praia, exigindo cuidado e conhecimento do lugar aos poucos, já que no mar saber nadar não é garantia de poder fazer o que bem quiser.

Areia da praia

Já na parte da sua enseada, que tem aproximadamente 300 metros, o mar e areia passam a sensação de serem mais tranquilos. Motivo pelo qual a área era a mais procurada pelas famílias com crianças, apesar de ter mais algas e sujeira na água, mas nada tão exagerado que atrapalhasse o banho e muito menos a curtição.

A parte da sujeira vem muito do fato de ser nesta enseada que os barcos de passeio, como os que saem de Canasvieiras, fazerem sua parada de nado e mergulho. É neste ponto também que muitas lanchas estacionam para passar a tarde, não sendo raro pequenos grupos fazerem festas neste ponto nos finais de semana.

Baía dos Golfinhos

Para quem está na Costeira da Armação, basta caminhar cinco minutos para chegar à beira do mar da Baía dos Golfinhos, onde estão os três restaurantes da região preparados para receber os turistas dos barcos de passeio, os mesmos que pararam para nadar na enseada.

E de onde também sai um barco de turismo local, que não é tão cheio quanto os que vem de outras praias.

Por ser parada dos barcos, a baía dos golfinhos é bem mais movimentada durante algumas horas

A areia também é grossa, mas curiosamente parece um pouco mais tranquila de caminhar, principalmente dentro da água, onde a sensação de afundar é menor. Seu mar é muito calmo, sendo uma delícia, principalmente no início da manhã e depois das quatro da tarde, quando toda a movimentação das embarcações já cessou.

Ambas as praias são ponto de partida de pescadores, então os seus barcos guardados junto a areia não são raros.

Os restaurantes e a beira-mar da Baía dos Golfinhos

Estrutura

Tanto a Costeira da Armação quanto a Baía dos Golfinhos não possuem estrutura como as encontradas em praias como Garopaba e Bombinhas, por exemplo.

Em ambos os locais não há lojas, supermercados, farmácias, nem inúmeras opções gastronômicas. Pois são locais são muito pequenos, e também próximos a outras praias com mais estruturas, embora em uma distância maior, exigindo o uso de carro.

A estrada que liga as praias separa a pequena vila com suas placas de ruas enfeitadas

São basicamente os três restaurantes em estilo buffet, dois na beira da praia e um em uma rua de acesso, o quiosque de um dos estacionamentos, e o Armazém do Amilton, que possui itens de alimentação, salada, carne, bebidas e alguns itens de farmácia.

Na Baía dos Golfinhos também tem estacionamentos, para quem vem de outras praias e querem passar o dia.

O que fazer

Por serem pequenas vilas com pouca estrutura, não há grande atividades para fazer no local. Para quem gosta de chegar em um local e tirar o carro da garagem em raras exceções as opções serão além de curtir as praias da Costeira da Armação e da Baía dos Golfinhos é o passeio de barco.

Passeio de barco para mudar um pouco a rotina

A escuna Cruz de Malta com o símbolo da bandeira portuguesa em seu casco sai do trapiche que fica em frente a um dos restaurantes na Baía dos Golfinhos. Os ingressos podem ser comprados em rua próxima ou até mesmo na hora, como foi o nosso caso.

ilha de Anhatomirim

A escuna passa em frente a ilha de Anhatomirim – na época em que fomos não estava sendo permitida a visitação -, em seguida começam a procurar pelos golfinhos na Baía de São Miguel e após param para banho na Costeira da Armação. Durante o passeio também é possível ver a distância as praias da ilha de Florianópolis. No total dura em torno de duas horas e meia todo o passeio.

Ache o golfinho na foto

E para quem estiver de carro é possível circular pelas 23 diferentes e belas praias de Governador Celso Ramos, como a Praia de Palmas e a Praia Grande.

Onde se hospedar

Se não tem pousadas e hotéis, deve ter surgido a pergunta, como se hospedar no local? A opção aqui é o aluguel de casas ou apartamentos.

No nosso caso pegamos uma casa pelo Airbnb onde nos hospedamos por duas semanas. A vista do local era linda e a internet muito boa, o que era um pré-requisito pra mim, já que eu fiquei trabalhando enquanto a turma curtia a praia. mas não vou deixar a indicação, pois a manutenção geral do lugar não nos agradou.

A vista era linda, mas a manutenção do local deixou a desejar…

Mas havia muitas casas no local muito bonitinhas, então para quem procura um local com tranquilidade, vale a pena pesquisar.

Como chegar

Para quem chega de avião, é possível descer em dois dos aeroportos catarinenses, pois o município de Governador Celso Ramos fica a 93 km de distância de Navegantes e 50 km de Florianópolis.

Para quem chega por Florianópolis é possível complementar o trajeto de ônibus, mas creio que o melhor é alugar um carro, principalmente se o perfil do visitante for de percorrer várias praias.

Para quem opta por carro, é necessário pegar a BR 0101 e depois a SC 410. No caso de Costeira da Armação, são 13 km na segunda estrada, logo após contornar a Baia Norte e passar pela Baía dos Golfinhos.

Nossa sugestão para quem for ficar em qualquer um dos locais é optar por chegar de carro, pois pela pouca estrutura ele pode fazer falta.

Vale a pena?

Para nós que estávamos procurando sossego e pouca circulação de pessoas valeu muito a pena. Pois o fato de a praia não ser cheia permitiu a todos aproveitarem o mar com muita tranquilidade.

Mesmo eu, que das duas semanas que passamos em uma já estava trabalhando, era ótimo desligar o computador, colocar o biquini e ir encontrar a turma, descarregando todo o stress em um mergulho no mar.

Como diz a minha mãe: tem que aparecer em pelo menos uma foto para provar que foi

Especificamente no nosso caso, fomos preparados com alimentos e produtos de higiene para as duas semanas, e apenas uma vez precisamos nos deslocar para uma praia maior em busca de um supermercado com mais opções.

Com isso digo que, para quem quiser fazer o local de base, o trânsito pela estrada é bem fácil, pelos menos em janeiro, quando fomos, não pegamos trânsito parado em nosso único deslocamento.

Mas sim, o local talvez seja mais indicado para quem quer praticar o nadismo, ou não se importe de cozinhar ou repetir restaurante. Que queira apenas curtir uma praia, sem vendedores ambulantes ou brigar por um espaço para colocar o guarda-sol. Em resumo, é um lugar para relaxar e se conectar com a natureza durante todo o tempo em que estiver ali.

Caso o perfil seja de curtir a noite entrando em lojinhas ou tomando aquele chopp cremoso em um barzinho, a minha sugestão é passar o dia no local, que sim, vale muito a pena ser visitado e ficar hospedado em uma das praias com mais estrutura, que também são em encontradas em Governador Celso Ramos.

E como nós não passamos por todas, queremos sim, em um futuro próximo, retornar e conhecer as demais.

  • Alice estava com 8 anos e 8 meses
  • Viagem realizada em janeiro e fevereiro/2022
  • Todas as despesas foram pagas por nós

Já está planejando o seu próximo veraneio? Quer conhecer mais praias? Este post faz parte de uma blogagem coletiva e abaixo compartilho o link de blogs amigos com mais inspirações.

Mulher Casada Viaja – Orange Bay em Hurghada: o Egito do Mar Vermelho
De Lugar Nenhum – Barreirinhas no Maranhão. Onde ficar e o que fazer. Lençóis Maranhenses
Cantinho de Ná – Cocoa Beach na Flórida num bate e volta de Orlando
Destinos Por Onde Andei… – Praia de Guarajuba, Camaçari, Bahia
Mundo Viajante – Melhores praias de Cabo Frio

Planeje sua viagem em parceria com o blog clicando nos links em azul, você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a melhorá-lo cada vez mais:

  • Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom 3GERACOESE1MALA5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue o seu carro com a Rentcars e parcele em reais sem pagar IOF.
  • Problemas com o seu voo ou bagagens? Entre em contato com o pessoal da Resolvvi e veja se pode ser indenizado.
  • Não quer ficar desconectado? Conheça o chip da Viaje Conectado e já inicie o seu roteiro com ele.

4 comentários em “Costeira da Armação e Baía dos Golfinhos

  1. Costeira da Armação parece ser o tipo de lugar que gosto, bem tranquilo. Pena que lugares assim em geral tenham poucas opções de restaurantes, como você mencionou. E fronha rasgada no AirBNB foi de lascar.

    Curtir

  2. Santa Catarina tem praias linda não é? Não conhecia Costeira da Armação nem a Baía dos Golfinhos, fiquei com vontade de ir, percebi que o mar é calmo, deve ser uma delícia para banho. Uma pena não terem tido sorte com a acomodação, mas estando de férias a gente dá um jeito e curte.

    Curtir

  3. Sou apaixonada por Santa Catarina, mas não sabia da existência da praia da Costeira da Armação, já vou salvar para uma futura viagem. Pois, é o tipo de lugar que eu mais gosto, sem tanta gente e perfeito para passar o dia com a família.

    Curtir

  4. Quando li o título Costeira da Armação e Baía dos Golfinhos cheguei a pensar que o destino seria Pipa, no Rio Grande do Norte, porque lá também tem uma Baía dos Golfinhos bem famosa.
    Foi ótimo descobrir mais este lugar lindo em Santa Catarina, estado que já visitei, adorei e sempre me surprendende pela natureza exuberante e mar maravilhoso.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s