O Museu de Ciência e Tecnologia de Porto Alegre

Localizado dentro da PUCRS o Museu de Ciência e Tecnologia é uma atração irresistível para pequenos e grandes que por suas portas se aventuram.

Entre as muitas atrações que você pode encontrar na cidade de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul e nossa base na maior parte do ano, este museu é imperdível para quem deseja fazer algo diferente com as crianças.

O Museu

O Museu de Ciência e Tecnologia foi inaugurado em 09 de dezembro de 1998, substituindo o antigo Museu de Ciências. Ele possui uma área superior a 10.000 m² onde cerca de 5 milhões de peças, sendo 700 experimentos interativos, estão à disposição do público para aprender curiosidades de diferentes áreas.

Vista do terceiro andar do museu

Exposições do Museu

São diferentes assuntos abordados neste museu que é um dos destaques da América Latina, havendo atividades para todas as idades. Nós passamos uma tarde inteira circulando pelo seu espaço, e abaixo conto o que encontramos em cada uma das exposições distribuídas nos três andares.

Térreo

Uma pessoa girando em velocidades alternadas nos chama atenção antes de passar pelas catracas de acesso. É o giroscópio humano, que simula a sensação de um astronauta em pleno espaço.

Logo em seguida olhamos para cima e nos deparamos com o esqueleto da baleia-de-Bryde. Com cerca de quinze metros de comprimento ela chama a atenção por ter 95% dos ossos originais. É a exposição dos Mamíferos Aquáticos.

Ossos, barcos e descobertas

Aqui os esqueletos nos ajudam a ver a evolução dos animais marinhos durante os últimos milhões de anos, permitindo entender melhor o processo evolutivo de espécies como leão-marinho, golfinho e a falsa-orca.

Também há o painel chamado Gigantes dos Oceanos, que nos permite comparar tamanhos e formas de alguns dos grandes seres que encontramos em nosso planeta.

A viagem do Beagle

O pequeno veleiro é muito bonitinho e representa a viagem realizada pelo naturalista inglês Charles Darwin pelo mundo, quando ele passou de dezembro de 1831 a outubro de 1836 estudando a biodiversidade. O resultado disso foi o livro A Origem das Espécies. Também representando a viagem estão as Ilhas Galápagos e suas enormes tartarugas e um mapa com toda a rota.

O Pêndulo de Foucault

Nós já havíamos visto no Panteon de Paris, mas é sempre interessante relembrar o experimento que representa a rotação da Terra.

Também há um bingo especial, na cartela diferentes espécies de animais e plantas, na tela, ele vai mostrando e você marcando. Alice adorou, ficamos um bom tempo ali.

2 Andar

Logo que subimos a escada nos deparamos com uma pequena casa e muitas dicas de como realizar a higiene correta de cada peça.

Seguimos em direção a escuridão, onde nos deparamos com o triângulo Homem, universo e a Terra. Iniciamos com a relação da Terra com o sol e a lua em placas e experimentos, passando pela balança especial que nos permite ver o peso que se tem em diferentes planetas, seguido por maquetes de aviões, incluindo o 14 bis do nosso Santos Dumont.

Da origem da vida ao homem criando suas próprias asas

Seguimos o corredor para nos deparar com uma breve história do planeta Terra, da origem da vida a força dos ventos, há um vulcão que simula sua erupção e uma casa que você entra e simula um terremoto. Seguido da água e uma pergunta bem comum entre os porto-alegrenses, o Guaíba é rio ou lago? A resposta está em um cartaz com a explicação.

Também há as pedras de ametistas, em diferentes tamanhos, que encantam pela beleza.

Espaço Wallace

Aqui estão aspectos relevantes do cientista inglês Alfred Russel Wallace, que viveu quatro anos na Amazônia brasileira. Desde desenhos de espécies e plantas passando por jogos interativos, você sai sabendo um pouquinho mais sobre o próprio país e a importância de se pesquisar.

Um aspecto interessante é que parte da amostra é representada por diorama, que são apresentações artísticas que em um primeiro olhar podem te enganar pelo realismo, te transportando para o meio da floresta.

Dinossauros, florestas, pedras e água

Dinossauros

Sim, eles também estão aqui, representados por algumas espécies, afinal, eles fazem parte da evolução constante neste planeta chamado Terra.

O Corpo Humano

As divisões celulares que geram o corpo humano, o DNA representado por bolinhas coloridas. Há também esqueletos em uma sala onde podemos ver as diferentes formas de evolução dos seres vivos, tendo desde esqueleto humano até como é uma lombriga ou uma solitária. Encerramos esta parte com os painéis que mostram o desenvolvimento fetal em suas diferentes formas.

DNA, esqueleto, lombrigas e gestação

Seguimos para uma parte bem interativa, como a geração humana de energia em uma bicicleta, a verificação da sua elasticidade, teste de audição, um desenho com uso de espelho que demonstra como utilizamos os dois lados do cérebro.

Há também a área arqueológica, que conta um pouquinho sobre a história das relações humanas e cultural através de objetos, além da possibilidade de deixar o seu próprio grafismo.

3 andar

Começamos o percurso deste andar em meio uma cena de crime: um osso do esqueleto de dinossauro exposto no museu foi roubado. Neste momento em diante é necessário observar o cenário avaliando dados como balística, tecnologia e biologia forense para descobrir o culpado.

Ao lado uma área chamada de Ilustração Científica, onde temos uma visão de como funciona uma investigação cientifica, desde a análise de laboratório, passando por dissecação, desenhos e artigos científicos.

Quando um museu é pura diversão

Tem uma área com vários experimentos interativos, como da estática que levanta os cabelos, a bola que se enche de luz quando colocamos a mão, a harpa laser, um piano de teclas gigantes, a parabólica acústica e uma corrida cujo o dispositivo de largada e chegada calculam a tua velocidade.

Uma parte muito legal é das bolhas, que simulam o funcionamento das células das estrelas, assim como fluídos, gases e plasmas que estão presentes na nossa vida.

Corra, Alice, Corra

Neste aprender brincando também está a tabela periódica e as formas geométricas, em diferentes espaços interativos, é possível aprender de forma divertida, através de diferentes formas como quebra-cabeças e jogos que estimulam a lógica.

Eventos especiais

Além da visita normal, o local oferece alguns eventos diferentes para as crianças de 7 a 12 anos, como Férias no Museu , uma visita temática no sábado, Uma noite no museu (aqui a partir de 9 anos) entre outros.

E para quem está pensando que o foco é só nos pequenos, eles também possuem o Genial Idade, uma opção de passeio para quem já é 60+.

Valores

O ingresso pode ser comprado diretamente na entrada do Museu, os valores em Outubro/2020 são:

Inteira adulto: R$ 40,00
Meia-entrada: R$ 20,00 (estudantes, professores, 60+, funcionários e alunos PUCRS)
Alunos de escolas maristas: R$ 10,00
Pacote Família: R$ 90,00

Entre as atividades, o Planetário inflável possui um valor extra que não está contemplada no ingresso.

Como Chegar

O Museu fica na própria PUCRS, em um prédio com restaurante e estacionamento coberto e descoberto (este sendo mais barato).

Endereço: Av. Ipiranga, 6.681 – Prédio 40
Partenon – Porto Alegre/RS
CEP 90619-900

Horário

Devido a pandemia o Museu está fechado no momento devido a Pandemia de COVID.

Quando fomos ele funcionava nos seguintes períodos:
Terça a sexta-feira: das 9h às 21h
Sábados e domingos, das 10h às 18h

Consulte o site oficial para saber os horários corretos após o retorno à normalidade.

Nós fomos em um sábado nas férias de verão e foi super tranquilo.

Vale a pena a visita?

Com certeza, é o tipo de lugar que as pessoas aprendem brincando. Sendo uma ótima opção principalmente para quem viaja com criança e estiver passeando por Porto Alegre, podendo ser antes ou depois de ir curtir a Serra Gaúcha. No caso dos moradores a visita é imperdível, diversão garantida entre pais e filhos.

Aprender brincando é sempre mais fácil

Para a visita reserve pelo menos umas três horas, são muitas atividades interativas, e se você for curioso, há muitas placas para ler. Então vá com calma para aproveitar bem o espaço.

Além do museu, próximo ao local você também encontra o Jardim Botânico de Porto Alegre, que é muito tranquilo e bonito, e o Parque Esportivo da PUCRS, com espaço para exercícios e um parquinho para as crianças.

  • Ingressos pagos por nós
  • Visita realizada em fevereiro/2020
  • Alice estava com 6 anos e 9 meses

Quer saber mais sobre o que fazer em outras capitais? No nosso blog temos dicas no exterior de Madrid, Paris e Roma e no Brasil do Rio de Janeiro. E também compartilho posts de blogs amigos para que vocês tenham ainda mais ideias:

Expedições em Família – Florianópolis – Roteiro de 1 dia
Vamos viajar pra onde agora – 5 capitais europeias para você conhece
6 Viajantes – O que fazer em Belém do Pará. Roteiro com crianças
Viajante Móvel – Como se locomover em Fortaleza: dicas úteis
Família que Viaja Junto – 7 passeios com crianças em Santiago do Chile
Blog Vamos Viajar – O que fazer em Londres – programas econômicos e gratuitos
Disney e Outros Lugares Incríveis – O que Fazer em São Francisco – 20 Passeios Imperdíveis

Planeje sua viagem com os parceiros do blog clicando nos links em azul:

  • Reserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.
  • Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom 3GERACOESE1MALA5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue o seu carro com a Rentcars e parcele em reais sem pagar IOF.
  • Problemas com o seu voo ou bagagens? Entre em contato com o pessoal da Resolvvi e veja se pode ser indenizado.

7 comentários em “O Museu de Ciência e Tecnologia de Porto Alegre

  1. Que delícia de dica!! É o tipo de passeio que amamos fazer!!! Das 2 vezes em que estivemos em POA, não conseguimos ir ao Museu de Ciência e Tecnologia de Porto Alegre. Da próxima vez, ele estará em nossa lista!

    Curtir

  2. Eu AMEI seu post. Museu de Ciências e tecnologia estão entre meus 3 tipos favoritos de museu. Alias em São Paulo, o museu que eu mais gosto é o Catavento que é um museu de Ciências maravilhoso tanto para crianças e adolescentes quanto para adultos. Fiquei curiosa e com certeza vou querer vou colocar esse museu no meu roteiro quando eu for a Porto Alegre.

    Curtir

  3. Que demais esse museu de ciência e tecnologia, não sabia que existia em Porto Alegre, o mais legal é saber que além do museu o Jardim Botânico fica bem pertinho. Com certeza iria me divertir mais do que as crianças, adoro exposições interativas. Valeu a dica !!

    Curtir

  4. Acervo super completo esse do Museu de Ciência e Tecnologia de Porto Alegre, muita coisa pra ver, aprender e brincar. Com tanto pra fazer, quanto tempo você recomenda pra reservarmos pro museu?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s