Duomo – A belíssima catedral de Florença

Para quem visita Florença é impossível não se impressionar com a imensa catedral branca, sua bela cúpula e o altíssimo campanário que lhe faz companhia. Neste post contamos a nossa visita a este local impressionante.

Para realizar esta visita, optamos em visitar o Complexo Duomo, incluindo aí suas enumeras escadas. Sua grandiosidade fez com que fosse o primeiro ponto turístico, e contamos no post o que achamos e no que rateamos.

Os ingressos foram comprados diretamente no site oficial da atração ainda no Brasil, com isso apenas fizemos a impressão e levamos no dia da visita, sem necessitar passar em nenhum ponto para troca prévia dos ingressos.

O Complexo Duomo

Localizado na Piazza del Duomo é composto por 6 monumentos: a Catedral, a Cúpula, o Campanário, o Batistério, o Museu e a Cripta onde fica a Santa Reparata.

Duomo - Complexo

Abaixo vou colocar na ordem que fizemos. Optamos em ir no turno da manhã, o que recomendo para quem quer subir até o topo no verão, já que a temperatura é mais amena.

Batistério di San Giovanni

Em frente à Catedral de Florença as portas douradas do Paraíso atraem a atenção dos turistas para o Battistero di San Giovanni (ou Batistério de São João). E quem compra ingresso para o complexo, pode conhece-lo internamente.

Duomo - Batistério di San Giovanni

Sua origem é incerta, mas escavações realizadas no século XX indicam que originalmente era uma torre de guarda, tendo sido reconstruído no século XI, onde mármores de Fiesole foram colocados. Entre os séculos XII e XIII foi incluída a cúpula com a lanterna na forma octogonal, acompanhando o formato da pequena construção.

Duomo - Batistério di San Giovanni 2
A cúpula dourada do batistério

Externamente ele é decorado com mármore branco de Carrara e mármore verde de prato, seguindo a arquitetura romântica fiorentina. Já as três portas douradas, que na verdade são de bronze, ilustram histórias bíblicas, sendo que a Porta Sul, que é a mais antiga, conta a história de quem dá nome ao Batistério: João Batista.

Duomo - Batistério di San Giovanni Porta
As portas de bronze chamam a atenção de longe

A porta norte ilustra algumas passagens da vida de Jesus Cristo. E a terceira é a Porta do Paraíso, com passagens do antigo testamento.

Internamente é necessário olhar para o alto e observar o bonito mosaico dourado do século XIII que fica na parte da cúpula. Tendo como figura central Jesus Cristo, a sua volta há cenas do Juízo Final, de José e Maria, de São João Batista e da Genesis. Um trabalho impressionante feito por artistas locais de Florença e durou anos, de 1270 até aproximadamente 1300.

Duomo - Batistério di San Giovanni Multiplo

Durante a nossa visita, o local estava com algumas paredes protegidas por uma espécie de tecido fino, indicando que o mesmo estava passando por restauração.

É um local de rápida visitação e ao mesmo tempo imperdível, fazendo bem aos olhos.

Cúpula de Brunelleschi

A subida a Cúpula da Catedral ocorre na hora marcada na compra do ingresso. Com 463 degraus, é semelhante a um jogo de vídeo game, dividido em 5 fases onde os tipos e formas vão mudando conforme você vai subindo, sendo que a escada final é praticamente vertical, sendo uma aventura e tanto.

Duomo - Cúpula de Brunelleschi
Pontos pequenos observando a cidade

Durante a subida nos deparamos com peças restauradas, mas não há muito tempo para observar os detalhes, pois o fluxo de subida é continuo.

Quando você chega no alto da cúpula, tem a sensação do cansaço ir embora ao ver a linda vista da cidade de Florença. É preciso ter calma para ir circulando e tirando as fotos, mas tire também um momento para respirar e apenas observar.

Duomo - Cúpula de Brunelleschi Vista
Vista da cidade de Florença

Uma das partes mais legais da visita ocorre na descida, é quando você fica junto as pinturas do teto. Passada a ansiedade de chegar ao topo, todos acabam reduzindo o passo e até mesmo parando para observar os detalhes das pinturas, que são simplesmente incríveis.

Como é a subida:

1 fase
Com espaço para uma pessoa, os degraus são quadrados e alteram entre subidas retas e espirais.

2 fase
É uma subida em escada helicoidal, sem janelas, o que pode tornar a aventura uma tortura para quem sofre de claustrofobia, as janelas de entrada de ar são pequenas, então é um ponto a ser analisado para quem acha que pode ser problemático, já que não é possível retornar.

A recuperação do fôlego ocorre na passagem pelo corredor externo e envidraçado da parte baixa da cúpula, onde você observa tanto a parte interna da igreja quanto os afrescos do juízo final de Vasari e Zuccari.

Duomo - Cúpula de Brunelleschi Escadas
Um pouquinho das escadas

3 Fase
O teto começa a ficar inclinado, as escadas possuem um formato um tanto irregular, e para completar a situação, ao contrário das duas primeiras fases, ela é de sentido duplo, serve tanto para quem desce quanto para quem sobe. Como não há sinaleira ou alguém indicando a hora de descer ou de subir, aqui vale a gentileza de todos em muitos momentos.

Duomo - Cúpula de Brunelleschi Multi Afrescos

4 fase
Aqui é praticamente uma escada escalada, íngreme e estrita, tem o lado positivo de ser rápida.

Duomo - Cúpula de Brunelleschi Multi Vista

5 Fase
Não, você não vai enfrentar o chefão, e sim chegar ao Topo, a melhor parte. Agora é respirar e curtir, pois não há nenhum chefão para se enfrentar, apenas uma linda vista para fotografar.

Duomo - Cúpula de Brunelleschi Afresco
Proximidade com os afrescos da cúpula

Dicas para a subida
1) Se você não está acostumado a subir escada, vale uma preparação para adquirir resistência. Aqui nós passamos a subir e descer todos os dias os nove andares que separam o nosso apartamento do térreo, e isso ajudou bastante.
2) Tênis confortável e firme, a subida é praticamente uma prática esportiva, e um calçado adequado facilita muito.
3) Roupas confortáveis, se for no verão considere roupas leves (mas se quiser entrar na igreja desconsidere shorts e regatas).
4) Mãos livres: em alguns momentos você irá precisar delas, não leve nada que você não consiga pendurar no corpo.
5) Se você tiver claustrofobia ou de locomoção, avalie substituir pela vista panorâmica do Piazzale Michelangelo próximo ao pôr-do-sol.
6) Com criança: nós optamos em deixar a Alice com a vovó e não nos arrependemos. A subida é em fila indiana, e exige cuidado, assim como no topo, onde as pessoas se amontoam. Com os maiores acho mais tranquilo.
7) Não se atrase, o bilhete tem hora marcada, e a quantidade de pessoas controladas, para não perder a subida, chegue um pouco antes do horário.

Duomo - subida cúpula
Registro da vitória

Para baixo todo santo ajuda, e você vai chegar dentro do espaço da igreja. Não sei o motivo, mas no dia não conseguíamos entrar direto na Catedral, sendo necessário enfrentar a fila para entrar.

Catedral Santa Maria del Fiore

Mais conhecida como Duomo de Florença (Duomo significa Catedral), teve a sua construção iniciada em 1296, e levou cerca de 140 anos para finalizar as obras e ser consagrada em 1436 pelo Papa Eugénio IV.

Duomo - Catedral Santa Maria del Fiore Alto
Visão de quem sobe a cúpula

O projeto inicial de Arnolfo di Cambio foi construído sobre as fundações da antiga Catedral de Santa Reparata, e possui cerca de 153 metros de comprimento e 90 metros de largura. Já a famosa cúpula, vista de vários pontos de Florença, possui 54 metros e é obra de Filippo Brunelleschi.

A fachada, que teve mais de um concurso devido a polêmicas, foi definida somente em 1864 por Emilio de Fabris e é dedicada à Virgem Maria.

Visita

A entrada na Catedral é gratuita, então em alta temporada prepare-se para enfrentar uma longa fila, que não é rápida, em mais pessoas dá tempo até de se dividir e olhar lojas próximas.

Duomo - Catedral Santa Maria del Fiore Altar

Desta visita pontualmente sai com três dúvidas que ainda não me foram sanadas, se alguém fez a visita e foi diferente, por favor, diga nos comentários qual é a chave do mistério.

A primeira dúvida foi sobre a entrada na catedral para quem tem ingresso, não vimos nenhuma separação do pessoal que tinha entrada gratuita e acabamos encarando a fila.

Duomo - Catedral Santa Maria del Fiore Interno

A segunda foi acesso direto a catedral para quem faz a subida na cúpula. Aqui nos separamos, apenas eu e o Marco fizemos a subida, e no retorno haviam cordas que direcionavam diretamente para a porta de saída.

A terceira é que a igreja estava com o espaço de visitação limitado, não podendo chegar até os bancos e o altar, sendo tudo visto a distância para quem não sobe a cúpula. Fiquei na dúvida se é sempre assim, ou se foi alguma limitação no período em que realizamos a visita.

Cripta di Santa Reparata

Uma escada no cantinho direito de quem entra na igreja leva para a Cripta onde teria sido construída a antiga Catedral de Santa Reparata, no século VI durante o reino de Teorico. Destruída para a construção da atual, teve os seus restos encontrados durante uma escavação entre os anos de 1965 e 1973.

Duomo - Cripta di Santa Reparata altar

Reparata foi uma jovem que não aceitou abdicar de sua fé crista durante o período do imperador Décio. Diz a lenda que no momento da sua decapitação uma bomba branca teria saído da sua cabeça. Milagres e triunfos de guerra foram atribuídos a Reparata, que se tornou a primeira padroeira de Florença.

Duomo - Cripta di Santa Reparata Piso

Na cripta não deixe de observar os detalhes do piso conservado, as peças antigas e o altar que mistura luz e escuridão. Hoje além dos resquícios da antiga catedral está a lojinha e a tumba do projetista da cúpula Filippo Brunelleschi.

Duomo - Cripta di Santa Reparata multi

Campanile de Giotto

O campanário da Catedral Santa Maria del Fiore foi construído no século XIV por Giotto, cujo projeto teve a obra iniciada em 1334 e morreu antes do término, sendo finalizada em 1359 por Andrea Pisano.

Duomo - Campanile de Giotto vista
Uma das vistas do campanário

Revestida nos mesmos mármores branco, verde e vermelho da catedral, tem na parte superior estátuas de santos e profetas, o conjunto torna o campanário um dos mais bonitos da Itália.

Duomo - Campanile de Giotto
Registro da vitória

Para chegar a parte mais alta, é necessário subir 414 degraus. Em relação a subida da Cúpula é muito mais fácil, e esta eu fiz com a mãe, enquanto o Marco ficou tomando sorvete com a Alice. Mas neste caso eu acho que a pequena poderia ter encarado, pois os degraus são similares o percurso inteiro, com áreas onde as pessoas podem sentar e descansar durante o percurso.

Duomo - Campanile de Giotto Multi

Além disso o mirante é cercado por grades, se por um lado atrapalha quem quer tirar as fotos, por outro com criança torna a visão de Florença do alto mais segura.

Duomo - Campanile de Giotto Area Descanso
Vovó aproveitando uma das áreas de recuperação

Eu dei um intervalo entre uma subida e outra e achei tranquilo, mas para quem acha que não consegue ou não tem tempo, concordo com a maioria dos sites que, não havendo impedimentos, a subida a Cúpula deve ser priorizada, já que além da vista da cidade você pode ver os afrescos de muito perto. Agora se você não gosta de espaço fechados, precisa parar pelo caminho, o Campanário é o mais indicado.

Museu

Neste local são expostas obras que ficavam no Batistério de San Giovanni, na Catedral e no Campanário. Aqui me faltou a devida atenção e mais pesquisa. Quando consultava sobre o duomo muito se falava e comparava as subidas, mas não li nada sobre o museu. Com isso não coloquei no roteiro e não visitamos.

Vale a pena?

Vale muito, e recomendo fazer o complexo inteiro (e não marque bobeira como a gente e visite o museu também). O tempo de visita é de pelo menos um turno, e tem a variante de quanto tempo se leva para subir na Cúpula e no Campanário. Então separe pelo menos umas quatro horas e tome um café da manhã reforçado para não faltar energia.

Duomo - ambulancia
Pode ficar tranquilo para fazer as duas subidas

Maiores Informações:

* As informações, assim como os acessos, podem sofrer mudanças com a pandemia de COVID, para horários e valores recomendamos visitar o site oficial que consta abaixo para ter os dados mais atualizados. Repassamos abaixo uma base de como funcionava em setembro/2019.

Endereço: Piazza del Duomo.

Dias e Horários:
Segunda, terça, quarta e sexta: das 10:00 às 17:00 horas.
Quinta: das 10:00 às 16:30 horas (depende do mês).
Sábados: das 10:00 às 16:45 horas.
Domingos e feriados: das 13:30 às 16:45 horas.

Valores
Entrada: 18 (US$20,30) (inclui catedral, cúpula, batistério, cripta, campanário e o Museu da Ópera do Duomo).
Somente a Catedral a entrada é gratuita
Crianças entre 6 e 11 anos: €3 (US$3,40).
Menores de 6 anos: entrada gratuita.

Site: Complexo Duomo 

* Viagem realizada em Setembro/2019
* Alice estava com 6 anos e 4 meses
* Todos os custos foram pagos por nós

Planeje sua viagem em parceria com o blog clicando nos links em azul, você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a melhorá-lo cada vez mais:

  • Reserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.
  • Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom 3GERACOESE1MALA5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue o seu carro com a Rentcars e parcele em reais sem pagar IOF.
  • Problemas com o seu voo ou bagagens? Entre em contato com o pessoal da Resolvvi e veja se pode ser indenizado.
  • Não quer ficar desconectado? Conheça o chip da Viaje Conectado e já inicie o seu roteiro com ele.

9 comentários em “Duomo – A belíssima catedral de Florença

  1. Quero muito conhecer Florença e região há anos! Seu texto Duomo – A belíssima catedral de Florença está encantador, pois admiro muito os passeios pelos templos históricos em todos os lugares por onde vou. Considero um passeio muito edificante, culturalmente e historicamente, e sei que vou amar conhece essa catedral. Adorei a dica!

    Curtir

  2. Fiquei muito feliz de conhecer, por meio e seu post, Duomo – A belíssima catedral de Florença. Eu amo conhecer Catedrais, principalmente por eu ser católica. E gostei muito de saber de tantos detalhes sobre ela. Se eu tiver a oportunidade quero conhecer.

    Curtir

  3. Simplesmente o post mais completo que já encontrei sobre a belíssima Catedral de Florença. Visitar o Duomo foi a realização de um sonho pra mim. Essa é uma das minhas cidades preferidas do mundo! Amei rever esse passeio incrível!

    Curtir

  4. Adorei ler o seu post e conhecer mais sobre o roteiro completo da visita ao Duomo e aos monumentos da piazza da catedral. Na nossa primeira viagem à Florença passamos tantas horas nos museus e galerias, que faltou tempo pra fazer esse roteiro, mas agora tenho certeza que vou fazer tudo quando pudermos voltar por lá, inclusive o museu.

    Curtir

  5. Estive em Milão no ano passado e conheci o Duomo de lá e foi incrível. Não sabia da existência do Duomo, a belíssima catedral de Florença, então amei ler o seu post. E já quero conhecer também. Post bem completo. Adorei.

    Curtir

  6. Florença é um destino incrível. Eu tenho muita vontade de voltar. Não fiz uma visita tão completa assim nessa belíssima catedral. Esse post sobre Duomo está incrível!

    Curtir

  7. Seu post sobre o Duomo, a belissima catedral de Floença está de parabéns! Realmente é um lugar lidnissimo e foi logo a minha primeira parada em Florença, fiquei encantada com essa catedral!

    Curtir

  8. Amei seu post sobre Duomo, que catedral mais linda. Florença deve ser encantadora, hoje mesmo comentei q quero muito passar um tempo maior pela Itália, não conhecemos Florença ainda! Seu post vai me ajudar muito!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s