Hospedagem em Florença: Hotel Collodi

Em nossa segunda ida a Florença, uma certeza eu tinha em relação a hospedagem: deveria ser próxima aos principais pontos turísticos da cidade. Neste post eu compartilho com vocês os critérios utilizados para a nossa seleção e claro, a nossa avaliação do Hotel Collodi.

Hotel Collodi - Interno
Hotel Collodi: pequeno e bonitinho

Florença tinha um dos maiores números de noites durante a nossa hospedagem: 4, e o valores eram similares aos de Veneza, o que nos fez baixar um pouco o número de estrelas nesta seleção.

Requisitos para Selecionar a Hospedagem

Como todos os viajantes, temos alguns requisitos mínimos para a escolha da nossa hospedagem. Como ocorreu em toda nossa viagem pela Itália, a reserva foi realizada pelos Hoteis.com .

Se tiver dúvida sobre a seleção de hospedagem leia o nosso post Planejamento: Como Reservar Hospedagem onde explico de forma mais detalhada o que costumamos observar em nossas viagens.

Pré-seleção:

Da mesma forma que ocorreu nas seleções dos hotéis para Roma e Veneza, perdemos o timing – ou comemos mosca em bom português – e todos os hotéis pré-selecionados estavam indisponíveis quando fomos realizar a reserva.

A razão disso é que fiz a seleção em maio para reservar em junho para uma viagem a ser realizada em setembro. Com isso fiz uma rápida segunda seleção, e no caso de Florença perdemos um pouco em qualidade.

Hotel Collodi - Quarto Teto
Teto do nosso quarto

O que consideramos na hospedagem em Florença:

Proximidade com a estação de trem S.M. Novella: Íamos chegar por ela com 2 malas de tamanho médio, duas mochilas, uma bolsa de mão, um assento de carro, e definitivamente não queríamos percorrer quilômetros. Além disso, o carro que alugamos para percorrer a Toscana também seria retirado ali. Então estar perto para ir e voltar com toda a tralha se fazia necessário (sim, nós ainda vamos aprender a viajar com menos coisas).

Proximidade com os principais pontos turísticos: tínhamos dois dias inteiros para percorrer a cidade, não queríamos perder tempo com transporte, estar a minutos de cada atração era valiosíssimo para aproveitar mais a nossa estada.

Café da manhã: como o tempo era precioso, não queríamos perder tempo procurando itens no mercado.

Avaliações: Acima de 8 no Hoteis.com e 4 no Tripadvisor.

Pagamento: permitir parcelamento pelo site, iniciando o pagamento antes de viajar em reais e sem iof.

Valores: as hospedagens tinham um valor entre médio e alto, então queríamos encontrar algo bom pelo valor médio.

Ficamos com 7 candidatos nesta peneira, mas o que eu mais gostei foi excluído devido a dois comentários, onde os hospedes se queixavam de a porta de acesso ser próxima a um ponto de venda de drogas. Com isso, optamos por quem tinha a melhor localização, o Hotel Collodi, um hotel 2 estrelas que virou nossa casa por quatro noites.

Hotel Collodi

Chegamos a noite em Florença, e em um primeiro momento as ruas de acesso ao hotel não nos pareceram muito simpáticas, sendo que a primeira pergunta da minha mãe foi: quantas noites vamos dormir aqui mesmo?

Mas como descobrimos a luz do dia a localização era bastante tranquila, e próximo a restaurantes e pontos turísticos, ficando em média 10 minutos dos principais. Não havendo o que reclamar neste quesito, e muito menos problema de segurança no local.

Hotel Collodi
Nome homenageia o criador de Pinóquio

O hotel em si é pequeno, possui 12 quartos distribuídos em 2 andares, e bonitinho por dentro. Possui um elevador pequeno, que serve basicamente para levar as malas.

Para os hospedes é disponibilizado wi-fi gratuito nos quartos e áreas públicas, no geral funcionou bem durante a nossa estadia.

Uma curiosidade: Collodi vem de Carlo Collodi, o pseudônimo do escritor italiano e jornalista Carlo Lorenzini, que tem entre suas obras o famoso clássico infantil As Aventuras de Pinóquio.

Recepção:

A recepção não é 24hs, e poucos dias antes de iniciar a nossa hospedagem o hotel entrou em contato perguntando que horas chegaríamos, como estávamos planejados para as 20hs, foi bastante tranquilo.

O check-in ocorre entre às 14hs e 22hs, sendo necessário se organizar previamente com eles caso se chegue após as 22hs. O horário de checkout é até às 11hs. Por isso, no check-in recebemos além da chave do quarto, uma chave para abrir a porta lateral, para quando chegássemos após as 22hs.

Durante a nossa estada sempre nos deparamos com dois atendentes: a Nadine e o Giovanni, que intercalavam os turnos. Ambos foram bastante gentis, nos deram mapas da cidade de Florença e se ofereceram para nos dar dicas. No geral víamos mais a Nadine, que todos os dias nos perguntava se estávamos gostando da cidade.

A taxa turística aqui foi de 3,00 euros por pessoa, exceto para a Alice, pois o imposto não é cobrado de crianças até 12 anos.

Quartos:

Ficamos em dois quartos duplos, no primeiro andar, localizados lado-a-lado. Os quartos eram simples, mas com um bom espaço. A minha única reclamação foi em relação ao banheiro do quarto em que fiquei. A quantidade de água que saia do chuveiro era muito pouca, e para lavar o cabelo acabei indo para o quarto da mãe e da Alice, cuja quantidade era normal.

Hotel Collodi - Quarto
Nosso quarto durante a estada em Florença

No quarto havia ar condicionado, máquina de café, secador de cabelo, televisão com canais a cabo, garrafa de água grátis e cofre. No banheiro sabonete.

Hotel Collodi - Banheiro
Banheiro do nosso quarto

A arrumação era realizada diariamente.

Café da Manhã

Era bastante simples, os produtos eram todos industrializados, nenhum feito por eles. Era oferecido pão, bolinhos, bolacha, iogurte, frios, doces e havia uma máquina de café, além de suco e água. Para quem desejasse era possível fazer torradas também.

Ao final do café, os hospedes deviam recolher tudo o que utilizaram e deixar no ponto indicado. Tudo muito simples, mas o suficiente para iniciar o dia sem fome.

Hotel Collodi - Café da manhã
Opções do café da manhã, foto do site do hotel

Com poucas mesas, não era possível todos os hóspedes tomarem café ao mesmo tempo, mas não tivemos que esperar em nenhuma das manhãs, pois quando chegávamos sempre havia uma ou duas mesas vagas.

Hotel Collodi - Sala café da manhã
Sala destinada ao café da manhã, foto do site do hotel

A reposição dos itens era realizada por quem estivesse na recepção, indicando que o local não possui muitos funcionários. E por isso a importância em colaborar na organização e limpeza do café da manhã.

Estacionamento

O hotel oferece estacionamento com manobrista por uma taxa de 30 euros por dia. Como nós só pegamos o carro alugado após o checkout, não sei como funciona a questão de acesso restrito e o local em si.

Animais

O hotel também aceita animais de estimação por uma taxa extra de 10 euros por noite. Não vimos nenhum durante a nossa hospedagem.

Nossa Avaliação:

Foi o hotel mais simples de toda a viagem, e depois da adorável surpresa de Veneza, provocou uma certa decepção na chegada. Mas no segundo dia, observando que era um hotel duas estrelas, com atendimento gentil e bem localizado, ficamos satisfeitos com ele.

Um ponto bem positivo foi que atenderam o nosso pedido prévio de nos colocar em quartos próximos, e achei bastante atencioso nos deixarem no primeiro piso, o que era uma felicidade ao retornar do jantar.

Hotel Collodi - Chuveiro
Não ficamos muito amigos durante a estadia

O hotel fornece o essencial, e para quem procura apenas um lugar para descansar o corpo após longas caminhadas, ele atende perfeitamente.

Você pode gostar se:
– Procura um lugar próximo à estação de trem;
– Quer estar próximo a bons restaurantes e principais pontos turísticos;
– Deseja café da manhã;
– Gosta de ser bem atendido;
– Quer wi-fi.

Você pode não gostar se:
– Gosta de mimos diferenciados;
– Gosta de café da manhã incrementado;
– Não abre mão de cama king-size.

Onde se hospedar em Florença – Outras Opções

Quer saber quais eram os outros hotéis pré-selecionados? Listamos eles abaixo, só não temos como avaliar a qualidade deles.

Hotel dei Macchiaioli
Hotel Palazzo Vecchio
Hotel Colomba
Hotel Aurora
7Florence B&B
Hotel Bella Firenze

Ficou com alguma dúvida? Já esteve em Florença e gostaria de compartilhar a sua dica de hospedagem? Deixe nos comentários, vamos ficar muito felizes.

* Viagem realizada em Setembro/2019
* Alice estava com 6 anos e 4 meses
* Hospedagem paga por nós

Planeje sua viagem em parceria com o blog clicando nos links em azul, você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a melhorá-lo cada vez mais:

  • Reserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.
  • Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom 3GERACOESE1MALA5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue o seu carro com a Rentcars e parcele em reais sem pagar IOF.
  • Problemas com o seu voo ou bagagens? Entre em contato com o pessoal da Resolvvi e veja se pode ser indenizado.
  • Não quer ficar desconectado? Conheça o chip da Viaje Conectado e já inicie o seu roteiro com ele.

8 comentários em “Hospedagem em Florença: Hotel Collodi

  1. Também já me hospedei em Florença em duas oportunidades, adoro a cidade e se puder, volto com o maior prazer. Nas duas vezes fiquei no mesmo hotel, gostei da primeira e não muito da segunda, acho que o hotel não foi muito bem cuidado no período entre uma estadia e outra.
    Concordo com você que não podemos perder tempo em viagens internacionais, afinal, nosso tempo corre em moedas estrangeiras, então quanto mais bem localizado e com bom custo benefício, melhor.

    Curtir

  2. Adoro ler avaliações de hospedagem e esse post está bem completo. Pelos pontos positivos levantados, achei o Hotel Collodi uma boa opção nessa cidade incrível que é Florença. Já anotei essa dica por aqui.

    Curtir

  3. Ótima dica de hospedagem em Florença. Também gostamos de assim e essa hospedagem em Florença, o Hotel Collodi, seria perfeito para minha família, perto dos atrativos e restaurantes! Achei bastante pertinente os seus critérios para escolher uma boa hospedagem.

    Curtir

  4. Percebi que usamos critérios parecidos para a escolha do hotel. Em Florença, a proximidade com a estação e os pontos turísticos foram decisivos. Como pretendemos voltar um dia a essa cidade tão linda, já estou guardando a dica de hospedagem no hotel Collodi.

    Curtir

  5. Gostei de saber dessa dica de hospedagem em Florença , cidade cara, pois muitas vezes o mais importante é ter um lugar para descansar ao final dos passeios. Tenho pensado em voltar à Itália assim que pudermos viajar com certa segurança. Geralmente nós optamos por hotéis sem café da manhã pois fica mais barato e compramos no supermercado itens que gostamos. O Hotel Collodi me pareceu na medida certa para uma hospedagem sem gastar muito. obrigada pelo post.

    Curtir

  6. Ótima dica de hospedagem em Florença! Com pouco tempo na cidade, estar perto dos pontos turísticos e/ou próximo do transporte público são mesmo diferenciais importantes, e pelo jeito o Hotel Collodi atendeu bem. Gostei das fotos do quarto também, parece bem aconchegante.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s