O Belo Palazzo Ducale

Localizado na Praça de São Marcos, estando do lado da Basílica de São Marcos, o Palácio Ducal é bonito por fora, e visita-lo por dentro é simplesmente imperdível.

Também conhecido como Palácio do Doge, é um dos edifícios mais importantes de Veneza. Sua arquitetura mistura influências bizantinas, góticas e renascentistas, além de armaduras, quadros, relógios e a famosa Ponte dos Suspiros.

Palacio Ducal - Externo
Área externa do Palácio Ducal

Um lugar que encanta grandes e pequenos pelas salas enormes, pela música que você pode encontrar tocando em um dos ambientes, pelos livros antigos, pelos diferentes tetos ou paredes que são verdadeiras obras de arte.

Um pouco de história

O primeiro edifício do local teria sido construído no século IX pelo ano de 810, em 976 durante uma revolta, houve um grande incêndio que destruiu parte de Veneza, incluindo o palácio.

Houveram outros prédios, mas foi a partir de 1340 que o palácio passou por uma transformação que levou ao formato atual, sendo finalizado em 1443.

Palacio Ducal - Pátio
Pátio do Palácio e as cúpulas da Basílica de São Marcos

O palácio foi residência do Doge de Veneza – dirigente máximo de Veneza – e também o endereço de vários escritórios de instituições políticas, como advocacia, chancelaria, Câmara do Conselho, Câmara de Votação e a prisão.

Mas apesar de toda a importância, no final do século XIX a estrutura estava em decadência, assim o governo italiano optou em transferir de local todos os escritórios públicos e iniciar a sua restauração. Em 1923 a gestão foi repassada para a cidade de Veneza para ser aberto ao público como museu.

Em 1996 o Palazzo Ducale passou a fazer parte do sistema de Museus Cívicos de Veneza. E os visitantes que hoje passam por lá, podem conhecer seus corredores e história.

O Palácio

Existe muita coisa para observar durante a visita, começando pela escadaria dos gigantes, referência as estátuas de Marte e Netuno que ficam bastante próximos a sua entrada. Esta escadaria é que liga o pátio ao primeiro andar, onde ficava o apartamento ducal e os ambientes judiciários.

Palacio Ducal - Interno
Área interna do Palácio Ducal e a grande escadaria

No primeiro andar fica uma das salas mais impressionantes, motivo pelo qual é a principal do palácio, é a Sala del Maggior Consiglio, onde ocorria a assembleia soberana do estado Veneziano. Esta sala foi redecorada por nomes como Veronese, Tintoretto e Palma il Giovane após ser destruída por um incêndio em 1577.

No segundo andar há uma série de salas ricamente decoradas, onde ocorriam audiências do senado, reuniões da administração e segurança do Estado. Definitivamente não havia economia na decoração dos detalhes do palácio. Mas se de um lado existia toda uma riqueza, ele também possui o seu lado cinza.

Um presidio

O Palácio do Doge já foi um tribunal, e as celas para receberem os condenados estavam nos subterrâneos do prédio. A prisão era lotada, abafada e tinha como companhia extra os insetos.

Como característica tinha o fato de ser um local extremamente frio no inverno – ficamos imaginando na época da Acqua Alta – e muito quente no verão.

Hoje é possível caminhar pelo local e ter uma ideia de como os prisioneiros sobreviviam, alguns com suas camas de concreto e madeira, outros em celas que pareciam ser feitas para uma criança. O ambiente tem um ar sufocante com suas pesadas portas e grades.

Palacio Ducal - Prisão
Celas e a visão que se tem da Ponte dos Suspiros

Mas em meio as portas encontramos um pátio com um poço já fechado, cercado por janelas gradeadas, o que também permite uma melhor visão das Pozzi e Piombi. Os nomes diferentes também indicam as classes sociais alternadas dos que ali ficavam.

Pozzi(poços) eram as celas de pessoas em condições inferiores, escuras e estreitas, eram úmidas e insalubres. Já próximo ao telhado temos Piombi (chumbo), que era destinado aos prisioneiros nobres, ricos e religiosos, que podiam inclusive providenciar mobília e boa comida durante a sua estada.

Um famoso prisioneiro que conseguiu fugir do local foi Giacomo Casanova, um escritor e aventureiro italiano conhecido como um grande sedutor.

Ponte dos Suspiros

Na cidade que inspira o romance os mais desavisados podem ligar o nome da ponte a histórias românticas.

Palacio Ducal - Ponte dos Suspiros Interno
Corredor da Ponte dos Suspiros

Mas a ponte dos suspiros é uma construção fechada, por onde os prisioneiros julgados no tribunal passavam para ocupar suas celas. Os suspiros ocorriam ao darem uma última olhada ao mundo exterior pelas pequenas frestas.

 

Ao passar pelo corredor escuro e estreito, fiquei imaginando quantos conseguiam dar esta olhada tendo um guarda pedindo para que caminhassem mais rápido.

Ingresso

Nós não compramos o cartão de atrações da cidade, desta forma optamos por comprar os ingressos diretamente na bilheteria do palácio.

Fomos logo após o almoço, ainda no início da tarde, e não pegamos nenhuma fila para entrar.

Eu, o Marco e a Alice pegamos o ingresso família, que tinha desconto e saiu por 51 euros, e a mãe pegou o ingresso reduzido para maiores de 65 anos. (ver nos bilhetes o valor pago)

Nossa Visita

Após comprar os ingressos e passar pela revista, entramos em um pátio onde se observa as sacadas do palácio, um grande relógio e as cúpulas da Basílica de São Marcos. Nos corredores objetos curiosos, como uma antiga gondola.

Já existe um caminho delimitado por cordas, tornando o passeio muito fácil, pois ele não limita, mas ajuda o visitante a passar por todas as salas, eliminando a necessidade de precisar de um mapa do local.

A beleza está dentro e fora do palácio, se internamente temos detalhes do piso ao teto, das janelas temos uma linda vista para o grande canal de Veneza.

Nós adoramos a visita, mas naturalmente há itens que nos chamaram mais a atenção, e que eu compartilho com vocês:

Ritratto di dama con la figlia: o quadro de Tiziano Vecellio era bem diferente em sua concepção original, o quadro explicando as mudanças tornam a obra ainda mais interessante.

Palacio Ducal - Pintura Ticiano

 

Relógios: já muitos relógios pelo local, belíssimos, diferentes, mexem com a imaginação pensando se os seus ponteiros podem nos fazer voltar no tempo.

Palacio Ducal - Relógios

Sala das armaduras: os desenhos nos escudos, as espadas, são um lembrete que a época medieval foi real, e não apenas enredo para seriados e filmes.

Palacio Ducal - Sala das armaduras

As janelas: com diferentes visões para os canais, sempre iluminando os nossos olhos em salas mais sombrias.

Palacio Ducal - Vista

Ponte dos Suspiros: caminhar pela ponte dos suspiros e se sentir em um filme. E depois na rua olhar ela de fora, mas sabendo como ela é e que visão se tem dela.

Palacio Ducal - Ponte dos Suspiros Externo

Recomendamos e muito a visita, e de forma calma, pelo menos umas duas horas para circular, se disponibilizar da tarde inteira melhor ainda. Com criança, a nossa Alice aproveitou a aventura de subir escadas, caminhar na área com sacada e seguir por caminhos estreitos, tivemos que segurar seus dedos rápidos para ela não mexer no piano exposto, mas ao contrário do que se pode imaginar, não foi um passeio tedioso para ela.

A visita ao Palazzo Ducale combina com: uma volta na Praça São Marcos, visita a Basílica de São Marcos e subida ao Campanário.

Maiores Informações:
Localização: Piazza San Marcos
Site: Palazzo Ducale
Horário:
Todos os dias das 8:30 às 17:30 horas (até as 19:00 horas de abril a outubro).
Valores:
Adultos: 25€.
Estudantes de 6 a 14 anos e maiores de 65 anos: 13€.
Menores de 5 anos: entrada gratuita.

O ingresso adquirido se chama I Museu di Piazza San Marco, e dá direito a visitar também o Museo Correr, o Museo Archeologico e a Sale Monumentali Biblioteca Marciana.

Transporte: Vaporetto: San Zaccaria ou San Marco, linhas 1, 2, 41, 42, 51, 52, N e LN.

* Viagem realizada em Setembro/2019
* Alice estava com 6 anos e 4 meses
* Todas as despesas foram pagas por nós

Planeje sua viagem em parceria com o blog clicando nos links em azul, você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a melhorá-lo cada vez mais:

  • Reserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.
  • Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom 3GERACOESE1MALA5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue o seu carro com a Rentcars e parcele em reais sem pagar IOF.
  • Problemas com o seu voo ou bagagens? Entre em contato com o pessoal da Resolvvi e veja se pode ser indenizado.
  • Não quer ficar desconectado? Conheça o chip da Viaje Conectado e já inicie o seu roteiro com ele.

15 comentários em “O Belo Palazzo Ducale

  1. O frio forte de Veneza nos fez entrar no palácio porque a gente não tinha planejado conhecer o museu, mas há males que vem para o bem. Realmente é um lugar lindo e vendo assim, todo iluminado, no verão, ainda é mais belo. Vale mesmo a pena.

    Curtir

  2. Estou impressionada com a beleza da arquitetura e ornamento do Palazzo Ducale, de fato é belíssimo e a história é impressionante. Sua beleza interna também é encantador! Ótima dica de passeio em Veneza!

    Curtir

  3. Lendo seu post me transportei não só para Veneza mas para a época medieval. Há um contraste tão grande entre a beleza do local e a dureza dessas prisões. Já estive em Veneza 2 vezes mas sempre com fila para entrar e acabei não conhecendo por dentro o Palazzo Ducale. Gosto bastante dessa dica que vc coloca dos lugares próximos. Beijocas

    Curtir

  4. Visitei o Palazzo Ducale em minha única oportunidade de ida à Veneza e não me arrependi, embora achasse o bilhete bem caro.
    É de uma riqueza que realmente impressiona, com suas artes e salões ricamente decorados, além da arquitetura impressionante.
    Mal sabia eu que passaria por cima da Ponte dos Suspiros, foi uma surpresa maravilhosa, coisas de atrações tão importantes como esta.
    Valeu a visita, super recomendo também. O post ficou bem completo, adorei.

    Curtir

  5. Que passeio incrível no famoso Palácio do Doge!! Ótimas curiosidades e história!! ! Bem legal apresentar informações como a da Ponte dos Suspiros (que de romântica não tem nada referente ao motivo do nome). Quanto ao mais, viva a bela Itália e esta Veneza magnífica!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s