Basílica Santa Maria Maggiore

A Basílica de Santa Maria Maggiore é considerada uma das mais bonitas da cidade de Roma. Primeira igreja no Ocidente a homenagear Maria, ela faz parte das sete igrejas de peregrinação religiosa na cidade.

A antiga basílica é uma das quatro em Roma que pode utilizar o título de basílica maior, junto com São Pedro, São Paulo Extramuros e São João de Latrão . Além de ser considerada a maior das 26 igrejas dedicadas à Virgem Maria na cidade. Por isso o nome de Santa Maria Maggiore, devido ao maior.

Basílica Santa Maria Maggiore - frente
Acesso tranquilo  a Basílica

Ela foi construída sob as ordens do Papa Libério após um sonho, onde Maria lhe dizia que um evento indicaria o local. Em 5 de agosto começou a nevar em pleno verão europeu sob uma antiga igrejinha, onde a basílica foi erguida.

Os vários nomes da basílica

Em Roma a Basílica pode ser chamada por diferentes nomes, e junto com eles há uma história, como Santa Maria das Neves por causa de uma lenda que conta uma segunda versão sobre a nevasca de verão. Aqui o romano João e sua esposa sem herdeiros solicitavam uma forma de homenageá-la, após uma nevasca no dia 05 de agosto no monte Esquilino o casal construiu a basílica no local exato onde a neve havia caído.

Basílica Santa Maria Maggiore - santa2
A maior Basílica dedicada a Maria na cidade de Roma é conhecida por vários nomes

Outro nome se refere justamente ao Papa Libério, que na outra versão do Milagre da Neve foi o personagem que foi avisado por sonho do evento, e por este motivo ela também é conhecida por Basílica Liberiana ou Santa Maria Liberiana.

E por último Santa Maria do Presépio como era conhecida antes da história da neve, devido as relíquias da manjedoura de Jesus que eram guardadas no local.

A nossa visita

Sua frente estava toda cercada, e para acessar foi necessário primeiro passar por uma revista nas bolsas e um detector de metais, nada muito demorado.

Quem estava com roupas muito abertas recebia a indicação de colocar um tecido por cima dos ombros, os mesmos eram disponibilizados próximo a porta de entrada.

Basílica Santa Maria Maggiore - teto
O teto não é deslumbrante?

A primeira reação é de uau ao ver o seu teto dourado, é difícil não se surpreender com o seu tamanho e beleza arquitetônica.

Falando em arquitetura, originalmente era a clássica romana, tanto que existe dúvida se as colunas que separam a nave dos corredores são da primeira basílica ali construída ou de antigos edifícios romanos.

Basílica Santa Maria Maggiore - altar
Altar da basílica

Com algumas alterações ao longo do tempo ela foi ganhando retoques variados, indo do paleocristão até o barroco, mas sem perder muito da sua origem.

O teto de ouro – aquele do uau – foi colocado na basílica no século XV. A curiosidade aqui é que este ouro pode ter sido trazido das Américas por Cristóvão Colombo, já que foi um presente dos reis católicos ao papa da época Alessandro VI que era espanhol.

Basílica Santa Maria Maggiore - estátuas

Este regalo deu o título de canônico honorário da Basílica a todos os reis espanhóis. O papa você provavelmente conheça por seu sobrenome: Rodrigo de Borja, pai de Lucrécia Borja.

Aproveitando que estamos olhando para cima, há também os belos mosaicos bizantinos que são do século V e se tornaram uma forte influência nas obras que viriam depois.

Basílica Santa Maria Maggiore - capela
Capela Borghese

Uma curiosidade, a Basílica possui duas capelas próximas ao altar: a capela Borghese ou Paolina foi solicitada pelo Papa Paulo V e nela está o ícone “Salus Populi Romani” -“Saúde do Povo Romano” ou “Salvação do Povo Romano” que teria sido pintado por São Lucas Evangelista.

E a Capela Sistina – sim, seu nome é igual a que há no Vaticano – foi encomendada pelo Papa Sisto V e nela belas pinturas que foram elaboradas por diferentes artistas assim como os impressionantes anjos que ficam no seu centro.

Basílica Santa Maria Maggiore - santa
Os anjos da Capela Sistina

Sob o altar-mor está a Cripta da Natividade, onde foi sepultado São Jerônimo, na descida temos a Estátua do Papa Pio IX rezando em frente ao relicário da Manjedoura de Jesus.

Basílica Santa Maria Maggiore - papa
Estátua do Papa Pio IX na descida da cripta

A entrada na Basílica é gratuita e nós encerramos o nosso passeio por aqui. Para quem tem mais interesse, também é possível fazer visitas guiadas pelos mosaicos e escada de Bernini e aos subterrâneos da Basílica. Cada uma das visitas custam 5 euros e ocorrem a cada meia hora das 10h ás 16h.

Maiores Informações:
Endereço: Piazza di Santa Maria Maggiore.
Horário: Todos os dias, das 7:00 às 18:30 horas.
Preço: Entrada Gratuita
Site: Basílica Santa Maria Maggiore 

Ficou curioso para saber os outros pontos que visitamos em Roma? Leia o nosso post Roteiro 3 dias em Roma.
Quer saber nossas dicas de restaurante? Leia o nosso post Gastronomia: Restaurantes em Roma.

Planeje sua viagem em parceria com o blog clicando nos links em azul, você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a melhorá-lo cada vez mais:

  • Reserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.
  • Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom 3GERACOESE1MALA5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue o seu carro com a Rentcars e parcele em reais sem pagar IOF.
  • Problemas com o seu voo ou bagagens? Entre em contato com o pessoal da Resolvvi e veja se pode ser indenizado.
  • Não quer ficar desconectado? Conheça o chip da Viaje Conectado e já inicie o seu roteiro com ele.

20 comentários em “Basílica Santa Maria Maggiore

  1. Que linda a Basílica de Santa Maria Maggiore é um lugar bastante encantador, a igreja por dentro é fantástica, muito bonita, os detalhes das estátuas é fantástico, lindas as fotos, quem for a Roma não pode deixar de visitar a Basílica de Santa Maria Maggiore, bjs.

    Curtir

  2. A arquitetura desses lugares são de tirar o nosso fôlego né?!
    Interessante saber um pouco mais da história, só me deixou ainda mais curiosa em ver tudo isso de perto.
    Amei a indicação.

    Curtir

  3. Oi Andrea,

    Sempre viajo junto com você em seus posts e fico encantada pela forma como você consegue colocar o leitor como parte da sua viagem. Essa Basílica é simplesmente linda e com certeza me encantaria bastante pelo local. O teto é realmente fantástico e adorei saber sobre essa curiosidade sobre as capelas. Post incrível!

    Beijos!

    Curtir

  4. Olá, tudo bem?

    Eu confesso que não conhecia essa basílica, mas pelas fotos dá para perceber que ela é extremamente linda e bem cuidada. Esse teto é magnífico!!
    Abraço!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s