Planejamento: Indenização de problemas com empresas aéreas

Quem viaja está exposto a certas situações como atraso de voo e extravio de bagagens, o que muita gente não sabe é que o passageiro deve ser indenizado em situações mais graves.

Em janeiro de 2011 viajei com a minha mãe para Porto Seguro por uma grande agência de turismo. O voo do pacote era fretado tanto para a ida quanto para a volta, o que permitia ida e retorno mais rápidos.

Foram sete dias maravilhosos, mas o retorno ficou marcado pelo voo que deveria ter decolado com todos os passageiros as 1h45 da manhã e só o fez às 07h30.

Chegamos à meia-noite em um aeroporto sem estrutura nenhuma, onde não havia lugar para todos. Como no check-in nos avisaram que 1h05 iriam anunciar o portão de embarque, alguns aguardaram em pé e outros nas escadas.

Quando o atraso se concretizou, fomos atrás dos guias, um disse que o avião estava com a chegada atrasada, outra havia dito que o avião só iria chegar entre 3 e 4 horas da manhã e que os ônibus haviam sido disponibilizados para descanso (o detalhe é que ela só avisou aos passageiros que ela conhecia). Quando perguntado o que aconteceria se o avião não chegasse neste período ela simplesmente deu os ombros e disse que isso era problema da companhia aérea.

Fomos todos dormir dentro do ônibus, ali pelas 3hs da manhã um guia nos avisou que o avião havia chegado e em 10 minutos começaria o embarque. Começou a correria, mas na fila da sala de embarque as passagens e os documentos eram olhados lentamente.

Quando todos estavam na apertada sala de embarque dos portões 1 e 2 veio à notícia: o aeroporto estava com o balizamento desligado e o avião estava indo para Salvador por não ter muito combustível.

Os guias sumiram e a empresa aérea deu um voucher para a refeição, mas as lanchonetes do aeroporto só possuem salgadinho, chocolate e refrigerante. Enquanto as crianças dormiam no chão, desculpas esfarrapadas eram dadas de tempos em tempos, a equipe da agência evaporou, sua loja estava às escuras e os ônibus desapareceram.

O sol se apresentou as 5 horas da manhã, iluminando e torrando as malas que estavam na rua. A sala de embarque é dos passageiros e os funcionários do raio x quase surtam com o entra e sai constante. Os banheiros estão imundos e tudo o que as pessoas queriam era ir pra casa.

Eu nunca havia tido problema com voo, e a sorte foi ter uma passageira que também era advogada e passou a pegar os dados de todos que esperavam e no retorno um escritório entrou em contato com a gente. Eles providenciaram tudo e conseguiram acordo logo após a primeira audiência, na qual fomos indenizadas. Mas confesso que se não tivesse ninguém, talvez tivesse ficado por isso mesmo, pois eu não sabia nada a respeito naquela época.

Por este motivo achei muito legal a ideia da startup Resolvvi, a ponto de entrar no seu programa de Parceria como afiliados, pois quem gosta de viajar não está imune a problemas como os que enfrentamos.

Mas o que é a Resolvvi?
É uma empresa de tecnologia onde os passageiros podem verificar gratuitamente se os problemas que tiveram com o seu voo são elegíveis para obterem indenização conforme as normas da ANAC (Resolução 400) ou de casos com precedentes de ganho de causa. E caso a resposta seja positiva, pode iniciar todo o processo on-line de forma gratuita, sendo cobrado 30% da indenização quando a mesma for paga. Caso o pedido seja negado, o custo não é repassado ao cliente.

Quais os problemas que podem gerar indenização?
– Atraso, cancelamento, overbooking ou perda de conexão com atraso superior a 4 horas;
– Extravio de bagagem por no mínimo 3 dias.

Não se esqueça de pegar um documento junto com a empresa aérea registrando as situações, eles podem servir de prova caso o processo vá para a justiça. O valor não recupera o tempo perdido, mas hoje acredito que se todos cobrarem quando houver problemas as companhias irão buscar melhorar para amenizarem o seu prejuízo com este tipo de situação.

Chegou neste post por ter sofrido um dos problemas passíveis de indenização? Entra em contato com a Resolvvi, eles possuem chat on-line para tirar as dúvidas. Depois retorne e nos conte nos comentários como foi a experiência.

Planeje sua viagem em parceria com o blog clicando nos links em azul:

  • Reserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.
  • Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom 3GERACOESE1MALA5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto.
  • Alugue o seu carro com a rentcars e não pague IOF.
  • Problemas com o seu voo ou bagagens? Entre em contato com o pessoal da Resolvvi e veja se pode ser indenizado.

Imagem de Free-Photos por Pixabay

32 comentários em “Planejamento: Indenização de problemas com empresas aéreas

    1. Olá,
      Overbooking é quando a empresa aérea vende um número de passagens superior ao número de assentos comportados pela aeronave. Então na hora de embarcar não tem lugar para todo mundo.

      Curtir

  1. Olá
    Super dicas, deve ser realmente muito desagradável passar por esse tipo de situação, dá uma sensação de impotência tão grande e ainda por cima ninguém da uma satisfação, então é sempre bom saber nossos direitos nesses casos

    Curtir

  2. Viajei uma vez de avião e não tive problemas, porém já ouvi muitos relatos de problemas o que realmente é muito desagradável. Ótimo post!

    Curtir

  3. Quanto transtorno em um voo nacional, fico imaginando um internacional com escalas e várias outras burocracias, ainda bem que havia uma advogada lá. Que as companhias aéreas melhorem seus atendimentos ao cliente. Obrigada pelo post esclarecedor!

    Curtir

  4. Imagino o transtorno! E, como você, confesso que sem a ajuda da advogada, eu também teria deixado passar… Embora inadmissível, é recorrente que problemas como este aconteçam pelos aeroportos a fora, é quando entra em cena o descaso em relação ao atendimento às pessoas com deficiência, o problema aumentam ainda mais.

    Curtir

  5. Sempre estamos sujeitos a imprevistos em viagens, mas alguns são passíveis de indenização e precisamos conhecer nossos direitos. Obrigada por divulgar essa empresa, dica super útil.

    Curtir

  6. Nossa, que tenso isso né. Já tive problemas com empresas aéreas. O vôo atrasou e eu perdi 1 dia da viagem. Também entrei com processo e ganhei uma boa indenização. Adorei a ideia da startup, super prático. Com certeza usarei se tiver problemas futuros. Obrigada por compartilhar.

    Curtir

  7. De forma geral a situação das empresas de aviação é muito ruim aqui no Brasil. Viajar é sempre uma roleta russa do vacilo. Bom saber que já existem serviços especializados nisso. Mas, se existe é por que tem muita necessidade e muitos processos.
    Post muito interessante.
    Um abraço

    Curtir

  8. São ótimas dicas para quem está constantemente viajando. Um descaso total isso que fizeram com você e com os outros passageiros, mas ainda bem que essa advogada estava presente para ajudá-los.
    Futuramente quando eu pretender viajar por alguma companhia, irei utilizar as suas dicas!

    Curtir

  9. Eu nunca tive nenhum tipo de problema com empresa aérea, mas esse post seu é ouro, hein? Nossa!! Espero guardar essas dicas na caixola e não passar aperto. Mas, caso aconteça algo, já sei o que fazer!!
    Valeu demais. Utilidade pública total.
    Beijão

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s