Dia 8 – Paris – Igrejas, Prisão e Museu

Saímos com uma manhã levemente ensolarada. Embora o ideal fosse um dia de céu azul, a previsão do tempo não era muito animadora, com isso iniciamos o nosso passeio pela Sainte-Chapelle.

Sainte-Chapelle
IMG_1395

Esta pequena capela gótica foi construída em dois anos e consagrada em 1248 pelo rei Luíz IX e hoje fica localizada no Palácio da Justiça, por isso mesmo com o museum pass não se escapa de uma fila: a da revista.

Não havia muitas pessoas pela manhã, e o acesso foi relativamente rápido. Por fora o seu aspecto cinza não surpreende, observa-se que ela não é grande e alguns detalhes na parte mais alta. Mas já no térreo é possível admirar a sua delicadeza.

Teto, parede e pilares misturam o azul, vermelho e dourado, ao fundo os vidrais iluminam o ambiente tendo uma imagem solitária como foco. No térreo também ficam as bancas de lembrancinhas, para quem não resiste a um recuerdo.

Para quem vai com criança, eles guardam o carrinho neste andar enquanto se realiza o passeio (sem taxa extra). A escada para acessar o piso superior é estreita, valendo uma atenção extra com os pequenos.

Ao subir a escada, prepare-se para se encantar. A capela é simplesmente linda. Seus vidrais coloridos proporcionam aos olhos puro encantamento. Então após conseguir fechar a boca, tente observar os detalhes do piso, da porta, para ver o seu capricho por completo.

Quando saímos, não havia dúvida. Uma das mais belas capelas que conhecemos.

Conciergerie
IMG_1446

Saímos da capela e fomos para outra parte do palácio da justiça que também é turístico. Um local que foi moradia real, sede do parlamento e prisão, tendo como presença mais famosa durante a revolução francesa a rainha Maria Antonieta.

Entramos pelo amplo salão que já foi refeitório e dá acesso à antiga cozinha, escadas fechadas e as celas. A história é contada em placas, vídeos e objetos. Lá estão livros e roupas. Chaves e algemas. Paredes com milhares de nomes. E memórias da monarquia francesa.

Os dois passeios são muito legais, e no máximo em um turno você conhece os dois (para os rapidinhos menos de duas horas).

Informações:
Ticket combinado: 15 euros (crianças são gratuitas)
Aceita Museum Pass
Aberto todos os dias das 09h30min às 18hs.

Almoço
Com a chegada da chuva optamos em almoçar no L’Annexe que fica na : 5 Boulevard du Palais, em frente ao Palácio da Justiça. Optamos por massa e estava gostosa. O atendimento foi bom e o preço dentro da média parisiense.

Notre Dame
IMG_1474

Hora de criar coragem e enfrentar a imensa fila da Notre Dame. Apesar da entrada gratuita, é necessário passar por uma revista, e com isso a fila faz voltas e voltas na frente da catedral. Momento para observar os seus detalhes externos que são muitos.

Ponto turístico mais visitado da cidade de Paris, é nela que está o ponto zero da cidade e onde a história foi contada através de casamentos, coroações e mortes.

Entrando você se depara com uma igreja imensa, escura e rica em vidrais, estátuas e detalhes. Dos lustres a Joana D’Arc, a representação de vários séculos é ricamente contada. Uma das coisas mais legais que vi foi a maquete da catedral em construção, como uma homenagem a todo esforço para erguer algo tão monumental.

Para quem vai com criança, é possível circular livremente com o carrinho. E para quem quer ter a mesma vista do Corcunda de Notre Dame se faz necessário pegar outra fila e subir os degraus até as gárgulas (algo que deixamos para outra hora).

Musee d’Orsay
IMG_1509

Para encerrar o dia, um passeio em uma antiga estação ferroviária: a Gare de Orsay, que virou museu em 1986, sendo dedicado à arte ocidental de 1848 a 1914, e exibe obras de pintores e escultores como Van Gogh, Manet, Monet, Camille Pissarro, Camille Claudel, Rodin, entre muitos outros.

Só o seu espaço físico é uma atração a parte, seus relógios e passagens uniram-se em harmonia com o colorido e sentimento das obras que preenchem seus corredores e salas. Bancos são distribuídos estrategicamente para quem quer descansar ou apenas admirar o local com um pouco mais de calma.

Com crianças existem elevadores para circular pelos andares, mas é necessário abrir e fechar algumas portas, já que ficam meio escondidos.

É um museu que vale muito a pena. Existem obras para todos os gostos, idades e criatividade. Ele fica em frente ao Museu do Louvre, só que na margem contrária do Sena.

Informações gerais:
Ticket: 12 euros (crianças entrada gratuita)
Permite Museum Pass
Horário:
Terça-feira, quarta-feira, sexta-feira, sábado e domingo 9h30 – 18h (encerramento das salas a partir das 17h15)
Quinta-feira 9h30 – 21h45 (encerramento das salas a partir das 21h)
Encerra à segunda-feira e nos dias 1 de Maio e 25 de Dezembro
Endereço: 1, rue de la Légion d’Honneur 75007 Paris Entrada pelo átrio

* Quer ver as fotos? Siga o nosso instagram @3geracoese1mala
* Viagem realizada em junho-julho/2017
* Patrocinada por nós

* Alice estava com 4 anos e 1 mês

2 comentários em “Dia 8 – Paris – Igrejas, Prisão e Museu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s